na cidade

Viveiros da Fábrica da Pólvora de Barcarena vão estar abertos a todos

A partir de janeiro vai ficar a conhecer todas as plantas que ali estão a ser cultivadas no espaço.
Vai poder visitar a fábrica e os viveiros.

A partir de 2 de janeiro vai poder visitar os viveiros de plantas da Fábrica da Pólvora de Barcarena e ficar a conhecer as várias espécies de vegetais, árvores e arbustos que ali são produzidos. E o município oferece uma lembrança aos visitantes deste espaço, que residam no concelho.

Os viveiros estarão abertos de segunda a sexta-feira das 9 horas ao meio-dia. E lá vai ver como são criadas as espécies que dão cor aos espaços verdes do concelho. Lá encontram-se espécies vegetais, árvores, arbustos e herbáceas, tendo sido utilizadas cerca de 60 mil unidades em 2019.

O Município de Oeiras tem dois viveiros: um no Complexo da Fábrica da Pólvora de Barcarena e outro na Quinta Real de Caxias. Sendo que algumas das espécies são de produção biológica, o abastecimento hídrico através de furos artesianos e o encaminhamento de todo o material vegetal decorrente do processo de produção para compostagem.

Os viveiros têm ainda de plantas ornamentais para a decoração de eventos municipais e particulares, apenas como empréstimo. Este ano foram utilizadas mais de 800 plantas.

Para explicar aos miúdos a importância destas culturas e no âmbito do Plano de Educação Ambiental, todos os anos realizam-se cerca de 60 visitas guiadas a escolas do ensino básico, envolvendo atividades práticas de horticultura, na Horta Pedagógica do Viveiro da Quinta Real e de jardinagem no Viveiro da Fábrica da Pólvora.

Os viveiros estão carregados de plantas.
tags: Câmara Municipal de Oeiras, fábrica da pólvora de barcarena, oeiras, plantas, viveiros

outros artigos de na cidade

mais histórias de Oeiras