na cidade

A PHC Software inaugurou uma sede no Taguspark com um conceito inovador

São oito mil metros quadrados, para 300 funcionários, resultantes de um investimento de 12 milhões de euros.
O novo espaço.

A nova sede da PHC Software encontra-se no Taguspark e surgiu da ambição de construir um espaço de referência de trabalho mundial. São mais de quatro mil metros quadrados, para 300 funcionários, com mais dois pisos de estacionamento do mesmo tamanho, resultantes de um investimento de 12 milhões de euros.

Tudo foi desenhado com base num novo conceito de escritório, com um espaço especial para a criatividade e colaboração. Com muita luz natural dentro do edifício, existe ainda um terraço com vista para o mar.

O espaço tem um desenho acústico especial, auditórios, salas de reunião, espaços de lazer, salas para incubação de startups, um estúdio de gravação e muito mais. A nova sede fica no lote 33 do Taguspark, perto do Núcleo central e da Praça Nelson Mandela.  A PHC Software é uma multinacional portuguesa de software de gestão, com escritórios em Oeiras, Porto, Madrid, Maputo, Luanda e Lima.

O dia 9 de abril ficou marcado por esta inauguração, assim como do busto de homenagem a Nelson Mandela. Na cerimónia, Ricardo Parreira, CEO da PHC Software afirmou: “Quisemos ir além da ideia convencional de empresa e criar uma verdadeira House of Digital Business, onde os nossos colaboradores têm todas as condições para ser altamente produtivos e com elevadas condições de bem-estar. Estas instalações são mais do que um edifício, na medida em que são um verdadeiro conceito que nos prepara para criar uma experiência incrível para os colaboradores e clientes. Queremos criar ainda mais valor para a sociedade.”

O busto de Nelson Mandela, inaugurado no mesmo dia, é agora parte integrante de um Museu de Arte Urbana em desenvolvimento no Taguspark e que conta com obras de diversos artistas plásticos portugueses reconhecidos internacionalmente, como Clo Bourgard, Boldalo II, Osir, Gonçalo Mar, The Caver, Styler, Youthone e o grupo Rethorica Studio.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA