na cidade

O treino de 7 minutos que trabalha todo o corpo e que pode fazer sem sair do sofá

Consegue ser completo e muito prático, fácil de repetir todos os dias.
Faça do sofá um ginásio.

Não, às vezes não é uma questão de motivação. Entre trabalho, tarefas em casa e o tempo que vale sempre a pena dedicar a amigos e família, é normal que o exercício seja um pouco esquecido. Afinal de contas, o tempo é um recurso limitado.

Há, no entanto, formas de contornar isto e uma bem eficaz passa por incluir um pouquinho de tempo na sua rotina para que o seu corpo se dedique a algum exercício. Se o tempo é limitado, o melhor mesmo é aproveitar ao máximo o que há disponível.

É aqui que surge uma curiosa proposta do espanhol Ballet Fit, ginásio que combina a precisão do trabalho de dança com a intensidade de um treino fitness. À “Glamour”, Gloria Morales explica até que ponto pode ajudar: “praticar estes exercícios durante vários dias ajuda a reativar aquela vontade de ter uma rotina saudável. Nestes sete minutos, mesmo no sofá, é possível trabalhar tonificação, flexibilidade e equilíbrio sem sair do mesmo lugar”.

Um exercício completo, com diferentes benefícios, que rouba muito pouco tempo e que dá para fazer no sofá ou até na cama? Contado ninguém acredita, como se diz. Felizmente há vídeo a comprová-lo.

Como funciona

A proposta de exercício do Ballet Fit começa com a pessoa deitada de lado, trabalhando primeiro alongamentos e juntando logo de seguida pequenas séries de abdominais, numa posição lateral, e ligeiras elevações. De seguida é só dar uma pequena pirueta no sofá e repetir do outro lado.

Ao ver o vídeo há aqui movimentos que nos lembram outras modalidades, da dança, naturalmente, mas também do Pilates, por exemplo, onde o core abdominal é essencial.

Com os cotovelos e joelhos apoiados na superfície, podem-se trabalhar de seguida outros movimentos que trabalham as pernas e os glúteos. A seguir, muda-se para uma posição confortável, comas pernas fletidas apoiadas no sofá, para trabalhar melhor a zona abdominal. Aqui o vídeo permite ver uma incrível variedade de exercícios num espaço bem pequeno.

Para terminar, é já na posição sentada que se chega ao fim, trabalhando um pouco os braços mas também a fase final do exercício com um pouco de alongamentos, sempre essenciais para abrir e fechar qualquer treino evitando lesões.

O melhor de tudo? É o tipo de exercício que pode ser feito ao final do dia, já com o trabalho e as tarefas do dia concluídas. Quando termina, o sofá continua a ser o sofá — o que quer dizer que vai poder relaxar e voltar a uma rotina mais tradicional no sofá, na companhia de uma série ou de um filme.

O treino conta com alguma intensidade mas é relativamente fácil de replicar. O truque que não pode ser esquecido é a postura. É ela que vai permitir trabalhar braços, pernas, abdominais, glúteos com toda a eficácia que se quer.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA