na cidade

O amor está no Facebook: o serviço de encontros já chegou a Portugal

A rede social garante privacidade total — e a possibilidade de saber se aquela paixão secreta por um amigo ou amiga é recíproca.
Já pode ir à procura.

Apresentada pela primeira vez em 2018 e lançada nos Estados Unidos da América no final de 2019, a Encontros do Facebook está finalmente a funcionar em Portugal. O amor chega à rede social a partir desta quinta-feira, 22 de outubro.

Apenas permitida a maiores de 18 anos, a funcionalidade rouba alguns dos elementos tradicionais dos sites e aplicações de encontros amorosos. Só que a integração com a rede social é mais profunda. É necessário, por exemplo, criar um perfil separado, embora faça uma ligação a alguns detalhes da conta principal: nomeadamente a enorme coleção de dados, nome, idade e a sua lista de amigos.

Assim que se inscrever, a rede social apresenta-lhe uma lista de potenciais interesses, mas também é possível fazer match com outras pessoas que participem nos mesmos eventos ou grupos de Facebook. E não se preocupe: os seus amigos não irão aparecer nessa lista de potenciais pares românticos. Essa opção terá que ser ativada por si, se assim o pretender.

Outra das novidades é a possibilidade de partilhar stories do Facebook e do Instagram no perfil de Encontros. E existe também a possibilidade de apostar nas Paixões Secretas, isto é, o crush que tem neste ou naquele amigo ou amiga, mas que tem vergonha de confessar.

Ao identificá-lo como Paixão Secreta, ele ou ela nunca irão saber que o fez — a não ser, claro, que ela faça o mesmo. Nesse caso, ambos saberão que, afinal, a paixoneta era recíproca.

No caso de fazer match com alguém, tem a possibilidade de fazer uma videochamada direta para começar a conversar.

Agora, a grande questão: a privacidade. O Facebook garante que nenhuma atividade dos Encontros será alguma vez exibida no perfil tradicional e que todas as funcionalidades correm separadamente.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA