na cidade

Município de Oeiras vai reabilitar os Jardins do Palácio do Marquês de Pombal

Há vários locais que estão a ser reabilitados de forma a recuperar o património histórico do concelho.
Foto: CMO.

O Município de Oeiras continua a apostar na recuperação do património histórico do concelho. Atualmente, os Jardins do Palácio do Marquês de Pombal estão a ser recuperados e reabilitados.

Para a autarquia, este é um dos conjuntos patrimoniais mais importantes do concelho, que foi classificado como monumento nacional em 1953. Os Terraços das Merendas, a Fonte da Rosa dos Ventos, o Jardim do Buxo, o Pátio das Araucárias e a Fonte das Quatro Estações estão a ser objeto de uma empreitada e reabilitação.

A intervenção abrange o tratamento e impermeabilização das paredes, do pavimento, das juntas de pedras, pinturas de pedras, pintura de muros, fornecimento de granito, instalação de salas e máquinas com grupos de filtragem e tratamentos de água, sistema de recirculação e enchimento, tubagens e ligações elétricas. O investimento é de mais de 150 mil euros.

O edifício do século XVIII divide-se em três lugares: o Palácio, a Adega e os Jardins. O Palácio foi propriedade da família de Sebastião José de Carvalho e Melo, primeiro Conde de Oeiras e Marquês de Pombal.

Em 2003, o Município de Oeiras adquiriu o Palácio e os Jardins que são visitáveis. Atualmente, apenas pode conhecer a zona exterior, sendo que as visitas foram temporariamente suspensas.

FICHA TÉCNICA

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA