na cidade

Município de Oeiras investe 49 milhões de euros num novo edifício da Câmara

A nova sede terá 16 pisos e vai concentrar todos os serviços num só espaço.
O projeto para a nova sede já foi aprovado.

A Câmara Municipal de Oeiras quer facilitar a vida às pessoas que moram no concelho e que têm de se deslocar aos serviços do Município. Por isso, vai construir um edifício com 67 metros de altura e 16 pisos, para concentrar num só espaço todas as valências camarárias. O investimento previsto é de 49 milhões de euros.

O projeto, aprovado em reunião de Câmara a 15 de julho, vai ficar localizado no Fórum Oeiras. E como se prevê uma deslocação de mais pessoas para esta zona, está em estudo alternativas de estacionamento para poder dar resposta ao aumento de procura de lugares para pôr o carro.

Com esta nova sede, o Munícipio pretende melhorar as condições do atendimento ao público e do funcionamento dos serviços, mas também quer reduzir os seus custos operacionais. No novo edifício vão ficar instalados todos os serviços municipais, que dispõem de atendimento direto ao público. Isto quer dizer que haverá cerca de 800 postos de trabalho fixos para funcionários e colaboradores municipais naquele espaço.

Segundo a revista municipal Oeiras Atual, o novo edifício terá 16 pisos, mais três de cave. A torre vai ser dividida em dois volumes distintos: quatro pisos vão ter as funções de atendimento e de representação municipal para o público e o volume superior com os restantes onze pisos serão destinados aos serviços e executivo camarário.

Vai ser assim.

Depois de passarem todos os serviços para a nova sede, o Complexo do Palácio do Marquês de Pombal e o Edifício Atrium vão ficar desocupados, entre outros edifícios. Nalguns casos deixará de ser património municipal, outros deixarão de ser arrendados.

O Executivo já aprovou, em reunião de Câmara, o orçamento para 2020 num valor de cerca de 172 milhões de euros, mais 17 milhões de euros do que o orçamento para 2019. Sendo que a valorização do território, qualidade de vida, ambiente e educação são alguns dos principais focos para o novo ano.

tags: Câmara Municipal de Oeiras, isaltino morais, novo edifício, oeiras