na cidade

Município atribui apoio para a manutenção dos mercados de Carnaxide e Queijas

Como os concessionários tiveram isenção de rendas, foi atribuída uma verba à União de Freguesias para a gestão destes equipamentos municipais.
Imagem ilustrativa.

O Município de Oeiras atribuiu um apoio financeiro à União das Freguesias de Carnaxide e Queijas para compensar a falta de receitas das rendas dos concessionários dos mercados municipais. A autarquia tinha deliberado a isenção temporária das rendas por causa da pandemia Covid-19.

Assim, os concessionários das lojas e das bancas nas diversas freguesias não pagaram rendas de 16 de março a 30 de junho. Foi o caso dos mercados de Carnaxide e de Queijas, geridos pela a União das Freguesias de Carnaxide e Queijas, que ao longo deste período não recebeu qualquer receita proveniente de rendas.

A única fonte de receita para a gestão destes mercados é a cobrança de taxas pela ocupação temporária ou ocasional das bancas, lojas, arrecadações, lugares de terrado. E isto constitui uma quebra de receitas e elevado prejuízo, do ponto de vista de uma gestão financeira equilibrada.

A Câmara Municipal de Oeiras decidiu, então, atribuir uma comparticipação financeira no valor de 26 mil 574 euros à União das Freguesias de Carnaxide e Queijas. Este apoio vai ser fundamental para a gestão e manutenção dos mercados, que passa por exemplo pela conservação, limpeza, rede elétrica, água e salários dos recursos humanos.

tags: Câmara Municipal de Oeiras, covid-19, Mercado, município de oeiras, oeiras, oeiras valley, União de Freguesias de Carnaxide e Queijas

outros artigos de na cidade

mais histórias de Oeiras