na cidade

Já viu como era o Palácio dos Arcos na década de 1940?

Atualmente, o espaço é o Hotel Vila Galé Collection Palácio dos Arcos, em Paço de Arcos. Muito mudou no concelho desde então.
Era assim.

O Palácio dos Arcos, em Paço de Arcos, foi construído no final do século XV e serviu de propriedade de várias famílias ao longo de cinco séculos, caso dos Homem, Moura, Lacerda, Henriques, Lencastre e Ferrão Castelo Branco.

O primeiro proprietário, Antão Martins Homem, era segundo capitão da Vila de Praia. No final do século XVIII, o palácio passou para a família Lencastre, cujo brasão ainda se encontra na varanda do edifício.

Já o último proprietário, terá sido o Conde de Arrochela e Castelo de Paiva. Alguns registos históricos apontam ainda para a presença de D. Manuel I, que se terá hospedado por várias vezes no Palácio dos Arcos para assistir à partida das naus para a Índia, através da varanda.

O Palácio, que deu o nome a Paço de Arcos, foi praticamente destruído na sua totalidade no terramoto de 1755, tendo sido reedificado no mesmo século, com uma fachada semelhante à atual. É essa fachada, com dois torreões e uma varanda com três arcos de volta redonda, que lhe é tão característica.

A New in Oeiras recolheu algumas fotografias tiradas na década de 1940, no arquivo da Câmara Municipal de Oeiras. Nelas, é possível ver o palácio, a preto e branco, naquela época.

Atualmente, o espaço alberga o hotel de cinco estrelas Vila Galé Collection Palácio dos Arcos. Inaugurado em 2013, o hotel de charme é dedicado à poesia e alia a tradição do passado ao conforto de um espaço moderno.

O hotel boutique tem 76 quartos. O alojamento tem um spa e uma piscina com uma vista incrível sobre a baía de Paço de Arcos. Os preços começam nos 187€ por noite, em quarto duplo ou twin com vista para a piscina e pequeno-almoço incluído.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA