na cidade

Madalena Morais: a jovem oeirense que mereceu a ajuda da Associação Sara Carreira

Tem apenas 21 anos, investiu no cake design e hoje tem um negócio de sucesso. A NiO conta-lhe a história.
Madalena Morais na Gala dos Sonhos da SIC.

Em dezembro do ano passado decorreu na SIC a gala que mudou a vida de muitos jovens dando-lhes possibilidade de seguirem os seus sonhos sem olhar para trás. A Associação Sara Carreira, criada em homenagem à filha do cantor Tony Carreira que morreu em dezembro de 2020 vítima de um acidente de viação, atribuiu 21 bolsas de estudo a jovens que realmente precisavam de ajuda e ainda ofereceu alguns miminhos a outros candidatos que não foram selecionados.

Madalena Morais, de 21 anos, foi uma das felizardas da noite e a New in Oeiras tentou perceber como tem gerido todas estas emoções desde essa altura. “Candidatei-me no penúltimo dia de inscrições. Estava bastante indecisa, mas pensei que não havia melhor altura. As inscrições acabavam em junho que era quando eu me licenciava, então era ‘ouro sobre azul’ para me iniciar na atividade que eu gosto. Um dia, depois da faculdade, decidi tentar. ‘Se não der, não deu’, pensei na altura. Era a minha oportunidade. Não disse nada à minha família e eles só souberam quando tive as minhas entrevistas. A minha casa é pequena e ouvia-se tudo. Recebi o email a dizer que não fui selecionada e pensei que tinha perdido esta oportunidade. Depois ligaram-me a dizer para assistir à gala e fartei-me de chorar”, contou à New in Oeiras.

A verdade é que Madalena é certamente a jovem mais decidida do concelho e tem tudo pensado desde início. Inscreveu-se na Universidade, formou-se em Direção e Gestão Hoteleira e começou a trabalhar para receber algum dinheiro para si. Quando a pandemia se instalou em Portugal, levou o seu hobby mais a sério e dedicou-se completamente à confeção de bolos. Durante o dia fazia as receitas e distribuía pela família e à noite tinha as aulas online. Depois tirou um pequeno curso de pastelaria onde aprendeu as bases necessárias para fazer bolos ainda mais incríveis.

Como a página de Instagram para divulgação dos seus trabalhos de cake design já estava criada desde 2019, só precisou de partilhar as novas recriações e a partir daí os pedidos começaram a chover na caixa de mensagens. Percebendo que era aquilo que queria fazer para o resto da vida, decidiu candidatar-se às oportunidades que a Associação Sara Carreira estava a oferecer. Passou por entrevistas, inquéritos e tudo foi verificado ao pormenor para que não restassem dúvidas de que projeto era verídico.

“Não fiquei nada ofendida. Se estão a dar uma ajuda que envolve dinheiro, então que seja um projeto válido e que precisa realmente desse apoio. No entanto, como me candidatei numa de ‘seja o que for’, já tinha noção que podia não ficar. Qual era a probabilidade de ser eu a ganhar uma bolsa? Não fui selecionada e pensei em agarrar a vida como ditasse o destino. Ia sempre atingir o meu objetivo e nunca desistir. Quando revelaram os vencedores, descobri que deram bolsas de estudo que também não era o que eu precisava. Uns meses mais tarde, ligaram-me a dizer que não se tinham esquecido de mim e que me convidavam para a gala. Fiquei mesmo super feliz”, explicou Madalena.

No dia 1 de dezembro de 2021, vestiu-se a rigor e levou consigo a família até ao Centro Cultural de Belém pronta para aplaudir os vencedores das bolsas de estudo. A verdade é que Madalena não estava preparada para ser surpreendida também e receber os seus tão merecidos prémios. A Associação ofereceu à jovem oeirense três eletrodomésticos e um espaço no município de Oeiras para que quando chegasse o novo ano, só fosse preciso força de vontade para continuar a viver o sonho.

“Quando a Fátima Lopes [apresentadora da gala] disse o meu nome, nem me apercebi que era eu. Quando vi a cara da minha mãe no ecrã ia morrendo. Foi a melhor noite da minha vida. Depois cheguei ao pé da minha mãe e eu só disse: ‘eu agradeci? diz-me que eu agradeci’. Estive nos bastidores com a Diana Chaves imenso tempo ainda, encontrei os irmãos Carreira e eles abraçaram-me a dar os parabéns. Foi mesmo uma emoção muito grande. Fiquei completamente sem palavras. Senti realmente gratidão porque eles ajudaram outras pessoas além das bolsas. Estou eternamente grata e super feliz”, revelou a jovem de 21 anos.

Apesar de não saber quando vai abrir ao público o seu novo espaço, Madalena está ansiosa para o fazer. A jovem nunca pensou fazer esse investimento tão cedo por falta de possibilidades, por isso, ver este obstáculo ultrapassado faz toda a diferença. O trabalho de sonho desta jovem é o cake design e a mesma está a vivê-lo como nunca pensou. O sucesso tem sido surreal desde que apareceu na televisão e as encomendas não têm parado.

Qualquer pessoa pode ficar deslumbrada com os trabalhos de Madalena Morais que podem ser vistos na página de Instagram da marca Sweet Sensations e fazer uma encomenda elaborada sem medos. Para fazer o pedido pode ligar para o número de telemóvel 968 443 056 ou enviar simplesmente mensagem privada a pedir um orçamento. 

De seguida, carregue na galeria para ficar a conhecer alguns dos bolos já feitos por Madalena Morais.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA