na cidade

IPMA lança alerta vermelho para o concelho de Oeiras nos próximos dias

O motivo prende-se com a forte agitação marítima que vai atingir a orla costeira, entre os dias 23 e 25 de fevereiro.
Tenha cuidado.

Descida das temperatura e regresso da chuva, eram estas as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para o final desta semana, divulgadas pela NiO. No entanto, algumas das condições agravaram-se e a entidade elevou para vermelho (o mais grave numa escala de três) o aviso meteorológico para os próximos dois dias, 23 e 24 de fevereiro, no concelho de Oeiras.

Em causa está a forte agitação marítima, que resulta em ondas de noroeste com 7 a 8 metros de altura significativa, podendo atingir os 14 metros de altura máxima. O período crítico acontece entre as 21 horas de sexta-feira, dia 23, até às 18 horas de sábado, dia 24.

Esta mudança do estado do tempo está associada ao enfraquecimento de um anticiclone que esteve localizado a oeste da Península Ibérica, revela o IPMA. Os efeitos começam a sentir-se já esta quinta-feira, 22 de fevereiro, com alerta amarelo entre as 18 horas e a meia-noite, com ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

O alerta aumenta para laranja a partir da meia-noite e até às 18 horas de sexta-feira, 23, sendo esperadas ondas de noroeste com 5 a 7 metros de altura significativa, podendo atingir 12 metros de altura máxima.

Após o período crítico de alerta vermelho durante o dia de sábado, a gravidade volta a baixar para laranja, entre as 18 horas de dia 24 (sábado) até às 7 horas de dia 25 (domingo), que irá registar alerta para amarelo até às 16 horas. 

É aconselhado que os cidadãos evitem as zonas costeiras, os passeios nas praias do concelho, assim como as caminhadas ou outro tipo de atividade nos passeios marítimos de Oeiras e Caxias. Deverá também procurar caminhos alternativos à Avenida Marginal que, no período mais crítico, poderá ter a circulação interrompida. 

Conte com períodos de chuva ao longo dos próximos três dias. Quanto às temperaturas, o IPMA revelou que a alteração do estado do tempo se deve à passagem de uma superfície frontal fria que afeta todo o continente. A acentuada descida dos valores dos termómetros vai trazer uma máxima de 15 graus, e mínima de 10, tanto na sexta-feira como no sábado. No domingo, os valores voltam a aumentar para 18 e 13 graus, respetivamente. 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA