na cidade

Estudantes fizeram rotas do Dakar para dar bens a miúdos carenciados

Os carros que representavam Oeiras da prova UNIRAID 2020, levaram cerca de 160 quilos de coisas para oferecer em Marrocos.
Equipa Land Astra na meta.

Quatro estudantes universitários partiram no dia 14 de fevereiro rumo a Marrocos para fazerem as rotas de um Dakar. E qual a diferença da prova desportiva? Usaram carros com mais de 20 anos, um Volkswagen Polo e num Opel Astra, e a missão é solidária. Levaram cerca de 160 quilos de bens para dar a miúdos carenciados.

Manuel Morais, 25 anos e Gonçalo Telhado, 23 fizeram parte da ENIDH Team, e Diogo Santos, 23 anos e Inês Casimiro, 22 eram da equipa Land Astra. Juntos representaram Oeiras no conjunto das 55 equipas portuguesas e 100 espanholas, no UNIRAID 2020.

A New in Oeiras esteve à conversa com Inês Casimiro, 21 anos, que descreveu esta aventura como “extraordinária”. ” Para o ano vou novamente. Esta experiência alargou os meus horizontes. Ainda que soubesse o que podia encontrar lá, não estava nada à espera do que vivi”, sublinha.

Esta incrível viagem é feita apenas por estudantes universitários, que deixam as suas famílias e os amigos durante quase 10 dias para fazerem percursos de um Dakar, em Marrocos. Mas, no meio desta aventura entregam, bens essenciais a miúdos carenciados que aguardam a passagem destes forasteiros.

Distribuição de artigos para bebés em Er-Rissani.

“Muitos deste miúdos não têm sapatos ou uma bola para brincar. E como já sabiam que nós íamos passar por lá, estavam à nossa espera. Ficaram muito felizes quando nos viram”, conta Inês Casimiro.

Na bagagem levaram roupas, canetas, lápis, cadernos, livros de colorir e artigos para bebés, como chupetas e biberões. E também ofereceram T-shirts e materiais enviados pelo Município de Oeiras e brinquedos.

As equipas da UNIRAID 2020 fizeram cerca de 2500 quilómetros num percurso muito difícil e com carros antigos. Mas ainda que tenha sido duro, as equipas oeirenses chegaram bem e com um sentimento de dever cumprido. “Ao início foi complicado. E os carros sentiram bem as pedras e os buracos. Felizmente, não houve nada de grave com as nossas viaturas”.

Inês Casimiro, assim como muitos outros participantes, já está a pensar na prova do próximo ano. O rally solidário acontece de 13 a 21 de fevereiro de 2021. As inscrições estão abertas para estudantes entre os 18 e os 28 anos.

Os carros das duas equipas de Oeiras.
tags: estudantes, oeiras valley, uniraid 2020

outros artigos de na cidade

mais histórias de Oeiras