na cidade

Este Instagram é o sonho dos amantes de viagens: mostra-lhe o mundo visto do céu

A NiT falou com Lee Mumford: um piloto britânico com milhares de seguidores e imagens inacreditáveis tiradas nas suas viagens.
Imagem no Sri Lanka.

Muita coisa neste mundo é uma questão de perspetiva: sobretudo quando se trata de imagens. Basta um ângulo diferente ou uma outra localização para mostrar lados e nuances novas das mesmas coisas.

Quem tem como profissão de vida voar, pilotar e passar grande parte do seu tempo a milhares de metros de altitude, essa outra visão é ainda mais diferenciadora. Os passageiros também a vêem, mas de um cockpit há uma abertura totalmente diferente. Tão única e especial que inspirou este piloto a tornar-se fotógrafo de drones e a partilhar um pouco daquilo que vê — o mundo a partir de cima.

Lee Mumford é britânico, tem 33 anos e é piloto há cerca de seis. É também o criador da conta de Instagram Leemumfordphotography, um sucesso crescente, com mais de 19 mil seguidores.

Aqui, Lee partilha quase diariamente fotos e vídeos capturados por um drone, de ideias e ângulos que vai conhecendo na sua vida pelos ares. Com uma qualidade impressionante e imagens com ar profissional, o jovem piloto captura o mundo visto de cima ou de novos ângulos, em praticamente todos os cantos do planeta, da Europa aos EUA, Ásia e Austrália.

Lee mora na realidade em Hong Kong e conta à NiT que trabalha como piloto comercial de uma importante companhia aérea com sede na Ásia, embora prefira não revelar o nome da mesma. Até porque, na realidade, não foi a sua profissão que o levou diretamente para a ribalta: mas o seu hobbie, por ela inspirado. 

Piloto há seis anos, o britânico é fotógrafo há quatro: foi em 2017 que Lee juntou um novo sonho ao que tinha recentemente concretizado. “Depois de realizar o meu sonho de me tornar piloto de uma linha aérea, tive a sorte de viajar para imensos países incríveis”, começa por contar.

“Foi então que comecei a tirar fotos nas minhas escalas, para poder trazer de volta algumas memórias e mostrá-las à minha família e amigos. Estive sempre à procura de formas de melhorar e foi quando comecei a investir mais tempo na investigação do que faz uma boa fotografia”.

Desde então, a fotografia tornou-se primeiro um hobbie e depois um segundo emprego. Neste momento, até já licencia algumas imagens, vende impressões, realiza workshops e trabalha com várias empresas para ajudar a fornecer-lhes conteúdo — tudo isto em quatro anos. “Estou a amar cada minuto”, conta à NiT.

Muitas das fotografias de Lee são feitas por drones e estes em particular fascinam muitos dos seus seguidores. “Usar um drone é obter um ponto de vista diferente do que a maioria das pessoas tem, o que realmente chama a atenção de quem vê. Para mim, o melhor feedback que recebo é quando alguém compra uma das minhas impressões. É tão bom saber que as pessoas estão dispostas a pendurar as minhas imagens, como obras de arte, nas suas casas. É provavelmente um dos maiores elogios que posso receber como fotógrafo”. As imagens estão à venda num site próprio, que entretanto criou.

Lee sofreu, claro, com o embate da pandemia. “Como piloto de linha aérea, foi uma verdadeira luta no ano passado. A aviação foi atingida muito duramente e infelizmente uma fase de recuperação ainda parece estar muito longe, então tem estado muito quieto na frente de trabalho para mim”.

Porém, todo o tempo livre permitiu ao piloto investir mais nele “e fazer muito mais com a fotografia”. E acrescenta: “Infelizmente, com as viagens quase paralisadas, reservei um tempo para explorar mais a minha casa, Hong Kong. Felizmente para mim, Hong Kong oferece vistas incríveis tanto da cidade como de paisagens, então, por enquanto, tem sido bom explorar ‘o meu quintal’. No entanto, estaria a mentir se dissesse que não estava com saudades de uma viagem. Mal posso esperar por retomar”.

Para este profissional que já correu o mundo e traz muitas vezes pedaços dele para o Instagram, há três sítios favoritos que recomenda aos leitores da NiT: como viajante e como fotógrafo.

“O primeiro é o Sri Lanka, porque adoro a diversidade da paisagem deste país. Pode estar na agitação da cidade de Colombo para visitar as plantações de chá em Ella ou apanhar ondas enquanto nada com tartarugas na costa sul. Este lugar é incrível, para não mencionar a comida maravilhosa e as pessoas, super acolhedoras”, conta.

O segundo destino é East Java, na Indonésia. “Este lugar parece saído diretamente dos filmes. A topografia é diferente de tudo que eu já vi. Enormes cascatas e vulcões gigantes ajudam qualquer um a levar sua fotografia de paisagem a um outro nível”.

Finalmente, chega Palawan, nas Filipinas. “Este é um dos lugares perfeitos para capturar algumas imagens aéreas exclusivas. A vasta rede de ilhas oferece cenários de sonho que incluem penhascos altos, cavernas rochosas e praias de areia açucarada”.

De seguida, carregue na galeria para conhecer algumas das incríveis imagens capturadas e tiradas pelo piloto. Todas as fotos, ainda que partilhadas no Instagram e site, têm direitos e créditos atribuídos ao autor.

 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA