na cidade

O Bairro da Medrosa faz 50 anos e a data é celebrada com muitos festejos

É um dos bairros oeirenses com maior união entre os moradores. Têm um grupo de Facebook e agora vão fazer uma grande festa.

Madalena Sintra Duarte viveu durante 30 anos no Bairro da Medrosa, em São Julião da Barra. Apaixonada pelo local, criou um grupo no Facebook em 2010 para moradores e ex-moradores. Chama-se “Bairro da Medrosa” e conta com mais de 1600 membros.

“Foi criado com o intuito de reunir todas as pessoas que lá viveram, ou ainda vivem, e todas as que se relacionam com moradores. Apenas são permitidas publicações alusivas à vivência naquele espaço”, conta-nos.

O bairro nasceu em 1971, tinha Madalena três anos. Morou lá nas três décadas seguintes e garante que todos os vizinhos foram bem felizes. “Éramos muitos, e todos brincávamos na rua. Éramos uma família enorme, organizávamos festas de santos populares, corridas de atletismo, jogos de futebol…”

A comissão de moradores foi criada em 1974 e, este ano, celebram-se os 50 anos do bairro — e nem a pandemia impede os festejos. Começam no dia 18 de maio, com o descerramento da placa comemorativa, pelos presidentes da Câmara Municipal de Oeiras e da Junta de Freguesia, às 18 horas. A placa irá substituir aquela que marcava o festejo do 25.º aniversário.

Na tarde de sábado, dia 22 de maio, a partir das 17 horas, há uma sessão musical no campo desportivo exterior da Escola Básica Manuel Beça. Franky Innocenti vai abrir e fechar o espetáculo, que conta com atuações de João Marques, Cecília Rodrigues, João Azevedo, Alexandra Leite e Miguel Partidário, todos “filhos” do Bairro da Medrosa.

No dia seguinte, no mesmo horário, o campo desportivo vai ser palco de uma conversa sobre estes 50 anos, com uma exposição documental, depoimentos de moradores séniores e de recém-chegados. Os Santos Populares vão também ser festejados este ano, se a pandemia continuar a permiti-lo.

Esperam-se arraiais com balões, sardinhas, febras, fogueiras e música, tudo com distanciamento e em segurança. No final do verão, em setembro, prevê-se que o torneio de voleibol de rua possa regressar. De seguida, carregue na galeria para conhecer algumas imagens destes 50 anos do Bairro da Medrosa.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA