na cidade

Depois de um auditório em Oeiras, Eunice Muñoz vai dar nome a passeio pedonal em Lisboa

É uma forma de homenagear a atriz, que faleceu em 2022. O espaço situa-se na freguesia de Marvila.
A atriz faleceu a 15 de abril de 2022.

Moradora no concelho de Oeiras durante largas décadas, Eunice Muñoz foi homenageada a nível local por diversas vezes e de várias formas. Uma delas, imortalizou o seu nome no espaço onde mais gostava de estar — em cima do palco — quando, em 1997, o antigo Cine Teatro de Oeiras, localizado no centro histórico da vila, deu lugar ao Auditório Municipal Eunice Muñoz.

A atriz, nascida a 30 de julho de 1928, estreou-se no palco do D. Maria II quando tinha apenas 13 anos. Tornou-se uma das grandes figuras do teatro português e, quase dois após após a sua morte, em abril de 2022, continua a ser recordada e consagrada. Desta vez, foi a Câmara Municipal de Lisboa a escolher dar o seu nome a um espaço da cidade, mais precisamente a um passeio pedonal, na zona oriental.

A novidade foi anunciada esta quarta-feira, 7 de fevereiro. A autarquia revelou que o Passeio Eunice Muñoz será atribuído a um arruamento pedonal na zona de Braço de Prata, na freguesia de Marvila.

É uma forma de homenagear a atriz, considerada como “uma das referências maiores do teatro, da televisão e do cinema nacionais, unanimemente reconhecida como um dos grandes vultos da cultura portuguesa do século XX”, apontou a Câmara, que decidiu também atribuir topónimos a Teresa Tarouca e Águeda Sena. 

Este tributo chega um ano após outra homenagem, prestada pelo Município de Oeiras, a Eunice Muñoz e também a Ruy de Carvalho, ambos munícipes oeirenses. Foi em janeiro de 2023 que os dois foram imortalizados em esculturas na Praça Guilherme Gomes Fernandes, em Paço de Arcos, como a NiO lhe contou neste artigo

“O Ensaio” é o nome do conjunto escultórico, produzido em bronze pelo artista António Vidigal, que eterniza a cumplicidade dos dois colegas e amigos, celebrados nestas obras que podem ser visitadas e admiradas por todos, na bonita paisagem ribeirinha de Paço de Arcos. “A minha mãe gostava muito de estar neste sítio e de passear por aqui. A escolha do sítio é ótima e ela ficaria muito contente”, sublinhou António Muñoz Borges, filho da atriz.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA