na cidade

Concelho de Oeiras tem 3 novos parques de estacionamento — um deles é gratuito

São 670 lugares distribuídos entre Algés, Linda-a-Velha e Porto Salvo. Projeto pretende melhorar a mobilidade dos munícipes.
São três novos parques.

É oficial: o concelho de Oeiras acabou de ganhar três novos parques de estacionamento. O objetivo da medida é auxiliar os moradores, trabalhadores e visitantes do município. Ao todo, os oeirenses podem contar com mais 670 lugares, numa parceria da Câmara Municipal de Oeiras com a empresa municipal Parques Tejo.

Em Algés, entrou em funcionamento o Estacionamento Avenida, um parque com cancela, localizado na Avenida dos Bombeiros Voluntários, com cerca de 200 novos lugares. Este novo parque público público representa um investimento na ordem dos 372 mil euros da Parques Tejo, empresa municipal de gestão do estacionamento e mobilidade de Oeiras.

É, assim, uma solução, para a intensa procura de estacionamento naquela zona, que resulta da elevada concentração habitacional, comércio/serviços, bem como pela proximidade à Estação da CP e ao terminal rodoviário. Futuramente, o parque disponibilizará também postos de carregamento de veículos elétricos.

Em Linda-a-Velha foi inaugurado o Estacionamento dos Lusíadas, situado junto à rua com o mesmo nome, e que garante 360 novos lugares numa importante zona residencial do concelho. O projeto, executado num terreno devoluto, resultou de um investimento na ordem dos 146 mil euros, realizado pela Parques Tejo com o intuito de promover a sua reabilitação. 

Já no Bairro de Autoconstrução, em Porto Salvo, encontra agora o Estacionamento 7 de Junho, um parque de superfície que disponibiliza, gratuitamente, 110 lugares. Futuramente, neste espaço, prevê-se a existência de um Centro Escolar. De acordo com a empresa responsável, este espaço receberá, em breve, postos de carregamento de viaturas elétricas, garantindo também que os espaços verdes foram valorizados na intervenção realizada.

Em relação ao impacto ambiental destas construções, a Parques Tejo revelou, a propósito do novo parque em Algés, que “integrou materiais e metodologias que permitem a valorização ambiental do espaço ao nível da permeabilidade dos solos, através da pavimentação com betão drenante, bem como na adoção de uma solução inovadora e sustentável de iluminação LED Omniflow, baseada na microgeração de energia eólica e solar”.

“Também neste âmbito, foi realizado o arranjo paisagístico da envolvente, com a plantação de várias árvores e arbustos numa área de 1150 metros quadrados de áreas verdes, contribuindo para uma melhoria substantiva do espaço público colocado ao usufruto da população”, refere. 

Desta forma, segundo a Parques Tejo, estes três novos parques de estacionamento representam “um novo impulso para responder à escassez deste importante recurso”, disponibilizando, neste mês de julho, quase 700 novos lugares. 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA