na cidade

Capital do Natal encerra com um programa especial para os visitantes

Este domingo, vai haver muita música e teatro no parque de diversões. Será também anunciada a data para a edição de 2020.
O parque está aberto desde 29 de novembro.

A Capital do Natal, instalada no Passeio Marítimo de Algés desde 29 de novembro, encerra este domingo, 12 de janeiro. Para fechar esta primeira edição, o Christmas Fun Park organizou um programa especial com atuações do Coro de Santo Amaro de Oeiras, DJ set e muito mais.

A New in Oeiras contou-lhe tudo sobre este parque de diversões. Durante estas semanas, quem visitou o espaço viu uma tenda gigante como ponto principal da Capital do Natal— o Palácio dos Guardiões da Neve. Aqui, viu esculturas em gelo esculpidas por profissionais russos, com temperaturas a chegar aos dois graus negativos,  como se estivesse na Lapónia.

O recinto tinha ainda a maior pista de gelo real que Portugal já viu, com mil metros quadrados, e que fica à beira de um lago com três mil metros quadrados. Nesse mesmo lago gigante — o Espelho Mágico dos Sonhos — teve watershow, criado por uma produtora que trabalhou com a Disney.

Neste domingo, a juntar a estas e outras atividades, o Coro de Santo Amaro de Oeiras, que em conjunto com os elfos, no Bosque dos Elfos, atua pelas 18 horas.

Durante todo o dia, estão previstas várias performances no recinto. O DJ Nuno Garcia fica responsável pela música a partir das 12h30, e o Grupo de Teatro Animarte, uma associação cultural sem  fins lucrativos que promove o teatro, atua às 16 horas.

O último dia da Capital do Natal conta ainda com a presença de Francisco Rocha Gonçalves, vice-presidente da Câmara Municipal de Oeiras, o principal parceiro do evento. O autarca vai anunciar o regresso da Capital do Natal para a segunda edição, em 2020, que já está a ser preparada pela organização.

tags: Câmara Municipal de Oeiras, Capital do Natal, coro de santo amaro de oeiras, elfos, Música, Natal, oeiras, parque de diversões, Passeio Marítimo de Algés

outros artigos de na cidade

mais histórias de Oeiras