na cidade

Câmara quer mais polícia a fiscalizar o Passeio Marítimo por causa das bicicletas

Autarquia de Oeiras está preocupada com a constante violação das regras que já provocou vários acidentes.
É preciso ter cuidado.

As bicicletas são proibidas no Passeio Marítimo de Oeiras. Esta frase devia ser suficiente para que as pessoas percebessem que é perigoso desafiar esta regra. No entanto, há cada vez mais violações e a polícia não tem meios para fiscalizar ao fim de semana.

Segundo o “Observador“, a autarquia está a reforçar o policiamento nesta zona. “A Câmara Municipal de Oeiras tem como prioridade a segurança de todos os munícipes e está já a reforçar o policiamento no Passeio Marítimo de Oeiras, numa estreita colaboração entre a Policia Municipal Oeiras (PM) e outras forças de segurança pública“, disse fonte oficial à mesma publicação.

É proibida a circulação de bicicletas desde a zona de Paço de Arcos até Cascais entre abril e outubro, das 9 às 20 horas e aos fins de semana entre novembro e março das 10 às 17 horas. A única exceção é a circulação de miúdos até aos 8 anos.

Esta regra não tem sido respeitada e já houve vários acidentes. Até as bicicletas a motor têm circulado em horas de maior afluência e ao fim de semana, quando não há polícias suficientes para fazer as escalas de fiscalização.

A Câmara Municipal de Oeiras garantiu ao jornal que  “vai continuar a acompanhar a situação, de forma a garantir a segurança dos cidadãos”.

tags: bicicletas, Câmara Municipal de Oeiras, município de oeiras, oeiras, passeio marítimo de oeiras, polícia municipal de oeiras

outros artigos de na cidade

mais histórias de Oeiras