na cidade

Câmara Municipal aprova protocolo para avançar com o metro de superfície

Agora, vão começar os estudos para que a linha do metropolitano de Lisboa seja alargada.
O acordo foi assinado esta quarta-feira.

No fim do mês de julho, a Câmara Municipal de Lisboa anunciou que as autarquias da capital, Oeiras e Loures se iam unir para o desenvolvimento do projeto que quer alargar o metro pelos vários municípios. Agora, foi dado mais um passo para que esta parceria seja oficial.

Esta quarta-feira, 5 de agosto, a Câmara Municipal de Oeiras aprovou, por unanimidade, o protocolo de cooperação entre os municípios de Oeiras, Lisboa e Loures, a Carris e o Metropolitano de Lisboa. O objetivo deste acordo é avançar com a extensão da linha sobre a via de meia encosta, um grande eixo viário já estudado para a Área Metropolitana de Lisboa mas que nunca chegou a avançar. 

Este protocolo quer assegurar uma ligação mais rápida entre as zonas ribeirinhas dos três municípios e as principais interfaces em Lisboa. Pretende-se uma maior e melhor resposta para os utilizadores de transportes públicos e conquistar novos passageiros, contribuindo para a alteração de hábitos de mobilidade.

Ao assinarem este acordo, os municípios assumem o compromisso de desenvolverem todos os esforços necessários ao planeamento e coordenação do projeto.

O Metropolitano de Lisboa vai desenvolver, no prazo de 14 meses, os estudos prévios, a avaliação da viabilidade e a conceção do projeto, sendo que a empresa já desenvolveu algumas análises para esta expansão.

Os estudos prévios têm um custo total de 3 milhões 381 mil e 550 euros, que será suportado pelos três municípios e pelo Metropolitano de Lisboa. A Câmara Municipal de Oeiras vai investir 503 mil e 48 euros, a pagar à empresa de transportes públicos.

Com o alargamento da linha de metro “LIOS – Linha Intermodal Sustentável”, que abrange as zonas de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada – Dafundo, será possível fazer os rebatimentos entre a nova linha e as linhas rápidas ribeirinhas, de elétrico, de metropolitano e de comboio.

tags: Câmara Municipal de Oeiras, isaltino morais, metro de superfície, município de oeiras, oeiras, oeiras valley, transportes públicos

outros artigos de na cidade

mais histórias de Oeiras