na cidade

A “fusão entre natureza e conforto” a 55 minutos de Oeiras para uma escapadinha tranquila

A Quinta da Estima, em Folgorosa, nasceu da paixão de dois engenheiros agrónomos pela beleza da região Oeste.
Sossego é a palavra de ordem.

O design moderno e minimalista da casa contrasta com a clássica paisagem campestre. A decoração é simples, pensada por quem sabe que o maior luxo é a natureza envolvente. O silêncio e a tranquilidade são os anfitriões de serviço e a piscina é um oásis nos dias quentes e secos de verão. À partida, estas são as características mais relevantes para os hóspedes que escolhem a Quinta da Estima para uns dias de descanso. 

Nos próximos meses há vários feriados marcados no calendário (1 e 30 de maio, 7 e 10 de junho) e a possibilidade de ter fins de semana prolongados é grande. Sabemos que muitos dos nossos leitores gostam de fazer escapadinhas de curtas distâncias, antes do período de férias grandes, longe da confusão urbana ou do litoral que se enche de visitantes sedentos de praia. 

Se prefere a serenidade do campo, saiba que a ligação à natureza e agricultura é um dos pontos fortes deste alojamento. Um aposta que nasce da vontade do casal João Pedro e Clara Araújo de terem uma quinta. São ambos engenheiros agrónomos, profissão que os juntou e os levou a instalarem-se a meio caminho, entre a capital e o norte, onde viviam, respetivamente. Acabaram por mudar-se para as Caldas da Rainha. 

Entretanto, pensaram em abrir um negócio de alojamento local, incentivados pela beleza da região Oeste. Decidiram construir uma casa do zero que, além de um negócio, seja um espaço de lazer. Quem sabe, até, um casa para “a reforma ou para a família”, conta Inês Pinto, filha dos proprietários, acrescentando: “O espaço é todo térreo, não tem escadas, já a pensar numa possível mobilidade reduzida”.

A oportunidade surgiu em 2017, quando encontraram um terreno de três hectares em Folgorosa, uma aldeia perto de Torres Vedras. Com o campo totalmente virgem, decidiram começar a plantar algumas árvores, mas perceberam que o espaço pedia um projeto diferente. Depois de algum tempo a construir aquela que é hoje a Quinta da Estima House & Farm, a unidade abriu ao público no início de fevereiro deste ano. 

Caracteriza-se por ser uma casa de férias, com quatro suites, e um conceito muito virado para a natureza e para a agricultura sustentável. Tem, também, assumido o compromisso com a eficiência energética e ambiental. Localizada a menos de uma hora de Oeiras, o espaço “eleva a experiência de alojamento local”, referem os responsáveis.

A decoração das suites é inspirada nas plantas existentes na quinta. Cada quarto é dedicado a uma espécie, desde a oliveira à alfazema, ao medronho e à cortiça. Aliás, a natureza está presente na decoração de toda a casa. A cozinha, por exemplo, foi desenhada em tons de verdes. O alojamento dispõe também de uma sala com ligação à cozinha, totalmente equipada, de onde se pode observar a paisagem envolvente.

No exterior, a paisagem campestre vai fazer o tempo abrandar. Nos dias quentes, pode aproveitar a piscina de água salgada e uma churrasqueira, para as refeições entre família e amigos que o acompanhem nesta escapadinha. 

Da quinta fazem parte vários pomares e arbustos que coexistem harmoniosamente com espécies florestais autóctones e um campo de alfazema, criando uma atmosfera especial, garantem os responsáveis. Os hóspedes têm total liberdade para passear pelo terreno e colher a fruta diretamente das mais de mil árvores, como maçãs, peras, pêssegos, ameixas, cerejas, figos, romãs e até mesmo frutos secos. 

Além disso, existe uma pequena horta que abastece a cozinha de vegetais frescos e ervas aromáticas. Os proprietários garantem seguir os princípios de agricultura biológica, não utilizando herbicidas. 

Pelo espaço, há também vários cantos onde pode assistir ao pôr do sol. Foram criados bancos naturais, feitos com troncos, para as pessoas poderem aproveitar todo o ambiente. É a “fusão perfeita entre charme e natureza e o destino ideal para explorar, relaxar e respirar o ar puro da região”, refere Inês Pinto. 

Com capacidade para acomodar oito hóspedes, a casa é alugada na totalidade. Quanto aos preços, rondam os 400€ e os 550€ por noite, dependendo da época. As reservas podem ser feitas online.

Carregue na galeria para ver mais imagens da Quinta da Estima. 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA