fit

Vinoterapia: a moda dos tratamentos de bem-estar à base de vinho chegou a Portugal

A prática começou em França, nos anos 90, mas é cada vez mais popular. Em Portugal, já pode ser feita em alguns spas.
Já o pode fazer em Portugal.

Em 1871, Fiódor Dostoiévski escrevia no seu livro “Os Demónios”, que “a inconsolável Praskóvia Ivánova viajara ao estrangeiro com a filha, aliás, também com a intenção de tratar-se à base de uvas, tratamento que também se dispunha a concluir em Vernex-Montreux [uma região na Suíça].”  

A descrição remete para a vinoterapia, baseada na utilização de derivados da uva e do vinho para tratamentos medicinais e estéticos. Apesar de ter inspirado o escritor russo no século XIX, a prática é conhecida há milhares de anos, com evidências de que os antigos egípcios e gregos já utilizavam o vinho como parte de rituais de cura e beleza.

No entanto, foi somente na década de 1990 que a vinoterapia começou a ganhar popularidade no contexto do bem-estar. Em 1995, Mathilde e o marido, Bertrand Thomas, fundaram a Caudalie, empresa francesa que se tornou pioneira na utilização de produtos derivados da uva e do vinho em cosméticos e tratamentos de spa.

A partir de então, a técnica espalhou-se pelo mundo, graças aos seus benefícios antioxidantes e rejuvenescedores para a pele. Hoje em dia, já existem vários centros de bem-estar — sobretudo em países com tradição na produção vitivinícola — que oferecem tratamentos como massagens com óleo de semente de uva, esfoliações com casca de uva e banhos de vinho.

Os produtos utilizados nos wine spa são derivados do processo de vinificação, como o mosto, o bagaço e as sementes, ricos em polifenóis, que têm uma ação antioxidante e ajudam na prevenção do envelhecimento cutâneo. Além disso, atuam como protetores solares contra os raios ultravioleta e podem ajudar a clarear manchas na pele.

Tomar banhos de vinho não é apenas uma experiência diferente, mas também traz vários benefícios. Desde o cabelo até aos vasos sanguíneos, todo o organismo beneficia destes nutrientes, que ajudam na cicatrização, têm propriedades antialérgicas, tonificam a pele, melhoram a circulação, restauram o brilho do cabelo e rejuvenescem a pele.

Em Portugal também existem vários locais onde se podem experimentar diferentes tratamentos baseados no vinho. Por exemplo, no Douro Palace pode fazer de um ritual de vinoterapia por 199€ por pessoa, que utiliza as propriedades do vinho daquela região demarcada. Inclui uma esfoliação de uva (20 minutos), um envolvimento antioxidante de vinho (também de 20 minutos), uma massagem vínica de 50 minutos, um ritual de rosto revitalizante (30 minutos) e acesso gratuito à zona térmica e de relaxamento.

Se preferir um banho floral com as propriedades do vinho, pode visitar o L’AND Vineyards, em Montemor-o-Novo, no Alentejo. Este tratamento inclui uma banheira com óleo de grainha de uva, flores secas, sais de banho, sementes de uva esfoliantes e óleo para o corpo (75€). Outra opção é realizar esta terapia na Herdade da Malhadinha Nova, perto de Beja. Aqui pode realizar o tratamento diretamente na banheira do seu quarto, utilizando as uvas da vinha do hotel (45€)

Nas Termas de Alcafache, em Viseu, pode fazer uma massagem relaxante com óleo vinaccioli ou uva slim (41€). Já nas Termas Luso, a oferta de rituais de vinoterapia é maior. Uma mini massagem facial de meia hora Wine Express (51€), o descontraturante de costas Wine Power de 40 minutos (61€), ou o corporal hidratante Leveza da Uva de 60 minutos (82€) são apenas algumas das propostas.

Por fim, o hotel The Vine, no Funchal, oferece diversos programas baseados em vinoterapia. Os preços variam entre 180€ e 810€, incluindo várias experiências. O programa mais caro consiste numa renovação total de quatro dias, com visita a uma vinha, prova de vinhos e um retiro a dois.

Os tratamentos com base nos elementos da uva, embora possam ser feitos pela maioria das pessoas, são especialmente recomendados para peles expostas ao sol ou com muita maquilhagem. Também são indicados para fumadores, uma vez que o tabaco pode acelerar o envelhecimento da pele.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA