fit

O treino HIIT de 30 minutos para fazer durante as férias (e em qualquer lugar)

Com a rotina aconselhada por Miguel Veloso, personal trainer do FITTEJO, fica pronto para ir à praia em meia hora.
Fotografia: Annie Spratt no Unsplash.

À primeira vista, conceitos como “treinar” e “férias” parecem fazer parte de universos totalmente diferentes. Até porque no período em que deixa de precisar colocar o alarme para despertar no dia seguinte, de modo a garantir que não chega atrasado ao trabalho, só apetece relaxar e descontrair, esquecendo qualquer tipo de horário ou obrigação, como a prática desportiva é, muitas vezes, encarada.

Além do mais, com as altas temperaturas que se fazem sentir nesta altura, enfiar-se num ginásio também não será a opção mais atrativa para muita gente, assim como escolher o destino de férias em função do sítio que tem as melhores ofertas neste sentido. Como exercitar-se não deixa de ser importante só porque se tem menos vontade de o fazer, sobretudo para quem firmou compromisso com um estilo de vida mais saudável e ativo, vale a pena considerar certos truques que tornam a tarefa menos árdua.

Um deles passa por apostar em sessões curtas, mas igualmente eficazes, que não roubem demasiado tempo aos banhos de sol, saídas com amigos ou festas de verão. Falámos então com Miguel Veloso, personal trainer do FITTEJO, para que indicasse um treino HIIT (High Intensity Interval Training) que não ocupe mais de meia hora da sua agenda.

O PT Tiago Silva, criador do grupo de corrida “No Limit Runners”, já tinha explicado à NiT em que consiste este tipo de atividade. “Conforme o nome indica, o HIIT envolve exercícios aeróbicos realizados em alta intensidade por um curto período de tempo, intervalado com alguns segundos de descanso”.

Por outras palavras, trata-se de uma forma de queimar gordura rapidamente enquanto se tonifica e melhora a capacidade cardiovascular. É um treino forte, duro e exigente, em que precisa de estar dedicado a cada segundo. Mas há um ponto positivo (ou mais um): a tortura passa depressa.

O que acontece é que gastamos mais energia neste tipo de treino, uma vez que o corpo está sempre em esforço e a recuperação tem de ser muito mais acelerada. Por consequência, o metabolismo torna-se mais rápido e queima mais gordura.

“Os HIIT podem ser realizados com praticamente qualquer tipo de exercício: corrida, bicicleta, natação, remada, boxe ou kickboxing, usando um saco, e flexões. O que interessa é manter o estímulo de treino de alta intensidade com as curtas pausas”, acrescentou o profissional.

Veloso sugere um treino com oito movimentos, entre flexões, agachamentos, rotações e barquinhos, para fazer em quatro rondas de 50 segundos com 20 de descanso. No final de cada ronda, descanse mais 50 segundos. Carregue na galeria para conhecer os exercícios que compõem a rotina e, antes de a começar, só tem de decidir se quer o jardim, a praia ou o quarto do hotel como cenário. Leia ainda sobre outros treinos super rápidos e fáceis para levar na mala durante as férias.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA