fit

Jovens bailarinos do concelho desejam ir a campeonato europeu — e todos podem ajudar

Alunos do Estúdio de Dança de Carnaxide foram selecionados para a competição. Para ir precisam de todo o apoio que conseguirem.
Hip-hop é uma das modalidades distinguidas.

Tornar um sonho numa realidade nem sempre é simples, rápido ou, sequer, possível. Existem sonhos que vivem apenas no nosso imaginário, outros mais concretos que julgamos inalcançáveis, e depois há aqueles que sabemos que se trabalharmos muito, nos esforçarmos e lhes dedicarmos tempo, foco e empenho, podem tornar-se reais.

Foi o que aconteceu com alguns jovens alunos do Estúdio de Dança de Carnaxide que, este ano, participaram pela primeira vez no All Dance Portugal, considerado o maior campeonato de dança realizado em Portugal. A edição deste ano — que decorreu entre 1 e 4 de abril — reuniu no Europarque, em Santa Maria da Feira, cerca de 2000 bailarinos, de mais de 80 escolas de dança do País.

Uma delas, o Estúdio de Dança de Carnaxide, participou com quatro turmas e conseguiu um feito único: conquistou dois primeiros prémios e dois quartos lugares garantindo, assim, o apuramento das quatro coreografias apresentadas para o All Dance Europe, o campeonato europeu que se irá realizar em Roma, Itália, entre 27 e 31 de julho.

Os dois primeiros prémios foram atribuídos à turma de Pauliteiros, na modalidade Open Contemporâneo e Vira da Nazaré, na modalidade Danças Étnicas, ambos coreografados pela professora e diretora da escola, Suzana Nunes. Os quartos lugares foram conquistados pela EDC Crew, na modalidade Hip-Hop coreografado por Catarina Araújo e Jet Set, na modalidade Jazz Teatral, coreografado por JP Costa. 

“Após dois anos de restrições e impedimentos, surgiu a oportunidade de proporcionar uma experiência nova e dinamizadora junto da nossa comunidade escolar e concursos como o All Dance Portugal foram um bom caminho. De forma completamente descomprometida no que toca a troféus, mas muito confiantes no que tínhamos para apresentar, estreámo-nos nesta competição em quatro modalidades distintas, conseguindo qualificar as quatro coreografias para a fase seguinte”, conta à New in Oeiras a diretora da escola, Suzana Nunes.

E acrescenta: “Enquanto diretora do estúdio, coreógrafa e colega, os resultados conquistados enchem-me de orgulho e motivação para continuar a trabalhar e investir na promoção destas artes junto da população, nomeadamente das danças tradicionais portuguesas junto de crianças e jovens.”

Completamente surpreendidos com estes resultados, professores e alunos têm agora uma grande missão: conseguir levar 12 bailarinos e três coreógrafos à competição europeia, em representação de Portugal, apresentando as quatro coreografias apuradas no campeonato português.

Para alcançar este objetivo, é preciso unir esforços e ir além da ajuda dada por familiares e amigos. É que a ida acarreta vários custos, como o de inscrição, viagem, alojamento e alimentação de todos os envolvidos. O valor necessário — que permitirá suportar financeiramente a viagem — ronda os 16 mil euros. A data limite para atingir esta meta é dia 25 de julho.

Para isso, foi lançado um apelo: contam com a ajuda de todos, especialmente dos oeirenses, para conseguir proporcionar aos alunos e professores a possibilidade de se apresentarem internacionalmente, valorizando o trabalho desenvolvido ao longo dos últimos meses e anos, sendo também uma oportunidade de promover as danças tradicionais portuguesas junto dos mais novos.

À NiO, Suzana Nunes, confessa o orgulho de ter alunos a representar a escola a nível internacional. “A participação do Estúdio de Dança de Carnaxide no All Dance Europe 2022 tem como principal objetivo atingir um novo patamar de visibilidade e reconhecimento do trabalho que desenvolvemos com os nossos professores, alunos e famílias, permitindo a promoção da nossa cultura além-fronteiras e proporcionando aos nossos alunos uma experiência intercultural através da linguagem que os une: a dança.”

Desta forma, os alunos do Estúdio de Dança de Carnaxide, amigos e familiares estão a organizar diversas iniciativas e campanhas de angariação de fundos, de forma a conseguir atingir o valor necessário para levar os bailarinos e professores a Roma já no final do próximo mês. 

Iniciativas de angariação de fundos em que pode participar

Para começar, foi criada uma plataforma de crowdfunding, onde pode fazer a sua contribuição para ajudar os jovens bailarinos a concretizar este grande sonho.

Uma das iniciativas mais esperadas é o grande Arraial da Escola de Dança de Carnaxide, que vai acontecer já esta sexta-feira, dia 24 de junho, entre as 19 e as 23 horas. Além da sardinha no pão, o evento contará com a atuação de alunos não só das modalidades que venceram prémios no campeonato, como de outras que também existem na escola.

Assim, poderá assistir a um espetáculo de dança muito completo, com atuação dos Pauliteiros, do Vira da Nazaré, da EDC Crew e Jet Set, mas também da turma de sevilhanas, de Hip Hop III e de Banda Compacto. O arraial acontece na Sociedade Musical Aliança Operária, na Estrada de Outurela 42, em Carnaxide.

Foi também desenvolvida a iniciativa “Amigos da EDC”, através da qual particulares e empresas podem apadrinhar esta causa. Para particulares, o contributo mínimo é de 10€ e para empresas de 20€. Desta forma, terão o seu nome ou logotipo no painel “Amigos da EDC”, a ser divulgado nas redes sociais e afixado nas instalações da escola.

Está igualmente prevista a venda de rifas na escola, a venda de artigos dos alunos no site da Vinted e um sorteio de duas T-shirts autografadas pela equipa feminina e pela equipa masculina de Futsal do Benfica.

E se acha que os alunos estão de braços cruzados à espera de atingir este valor, desengane-se, pois têm feito aquilo que sabem fazer melhor: dançar. Dentro das atividades previstas, estão as danças de rua, onde os talentosos alunos dão vida às coreografias e apresentam esta missão.

Pode saber as datas e locais através das redes sociais da escola, tanto no Facebook, como no Instagram. Este domingo, 19 de junho, estiveram de manhã no Largo Camões e na Ribeira das Naus, em Lisboa, com uma roda de dança onde qualquer pessoa podia participar e, claro, contribuir.

Os alunos do Vira da Nazaré a dançar no Largo Camões.

Estúdio de Dança de Carnaxide

O Estúdio de Dança de Carnaxide foi fundado em 2003. Prestes a completar 20 anos em 2023, o conceito da escola passa por dar formação de dança e teatro para miúdos (a partir dos quatro anos), jovens e adultos — não há limite de idade para quem se quiser inscrever.

Atualmente, o espaço conta com aproximadamente 150 alunos e ensina disciplinas tão diferentes como ballet, dança contemporânea, hip-hop, sevilhanas, flamenco, danças tradicionais portuguesas, teatro, teatro musical, jazz e pilates. Como complemento das aulas, o estúdio organiza espetáculos e participa em concursos, festivais e eventos.

“O nosso Estúdio completou 19 anos e ao longo do tempo temos vindo a participar em vários eventos pelo País, nunca com cariz de competição, mas como parte da formação e de relacionamento com o público que acreditamos dever dar aos nossos alunos e com o intuito de mostrar o trabalho desenvolvido, motivados pelo empenho e profissionalismo dos alunos e professores que nos acompanham”, afirma a diretora da escola.

A Escola de Dança de Carnaxide fica no Largo Frederico de Freitas nº16 D, em Carnaxide. Pode segui-la nas redes sociais, indicadas anteriormente, assim como visitar o site para conhecer melhor a escola, saber horários e, quem sabe, tornar-se no seu próximo aluno. 

Carregue na galeria para ver imagens das quatro modalidades que foram apuradas para a competição europeia. 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA