fit

Afinal, existem ou não benefícios de fazer sauna após uma sessão de treino?

Além de ser um evento social, as saunas eram — e ainda são — frequentadas pelos seus benefícios para a saúde.

Talvez já tenha visto pessoas a entrar na sauna do ginásio após um treino, mas nunca compreendeu realmente porquê. Ou talvez apenas queira saber porque é que existe quem queira enfrentar temperaturas altas depois de um treino, mesmo durante o verão.

Pode não ser, de todo, aquilo que mais lhe apetece ouvir, ou fazer, durante estes dias quentes. Porém, existem benefícios em terminar o treino com uma sessão relaxante de sauna. Este é um ritual muito frequente em países nórdicos, o que se percebe tendo em conta as temperaturas negativas que se fazem sentir nestas regiões. Contudo, segundo o personal trainer André Santos, do Elite Wellness, “em Portugal cada vez existem mais apaixonados pela utilização da sauna no pós treino”.

Só para que fique esclarecido, as saunas que existem nos ginásios são aquelas salas quentes, húmidas, onde muitas vezes não se consegue ver bem devido à densidade do vapor. Estes espaços não são algo que existe só por ser moda. As termas são um local de convívio e saudável desde o tempo dos romanos. Em Portugal, os banhos a vapor eram normalmente utilizados pelo povo castrejo, antes da chegada dos romanos ao País, que deram o nome à Pedra Formosa — a peça central do banho a vapor na época pré-romana.

Além de ser um evento social, as saunas eram — e ainda são — frequentadas pelos seus benefícios para a saúde. Segundo a Saunas de Portugal, trata-se de uma terapêutica de relaxamento que ajuda a remover as toxinas do corpo, reduzir os níveis de stress, aumentar a circulação, melhorar a saúde cardiovascular, o movimento articular e reduzir a dor muscular.

Isto é capaz de justificar porque há cada vez mais pessoas a recorrerem à sauna como uma rotina semanal de tranquilidade e até de meditação. Começou por ser uma sala escondida nos balneários das piscinas e ginásios mas, hoje em dia, já existem estabelecimentos que se dedicam a esta terapia em exclusividade.

O profissional da área explica que “não existem evidências científicas relevantes a demonstrar quaisquer benefícios, mas existem vários estudos científicos que apresentam vários pontos negativos nesta utilização”. Um estudo publicado em dezembro de 2019 revela que é verdade que as saunas relaxam o corpo e a mente, porém também colocam o corpo sob um certo stress. Esse stress, como mostra o estudo de 2019, pode causar alguns efeitos menos desejáveis à medida que o corpo se adapta. Como os autores do estudo observaram, “os treinadores e atletas devem ter cuidado com o pós-treino [uso de sauna] se o treino e/ou competições de alta intensidade estiverem agendados para o dia seguinte”.

Muitas pessoas gostam de usar uma sauna após um treino, e existem alguns benefícios potenciais sólidos, incluindo uma melhor tolerância ao calor e desempenho no treino. No entanto, se estiver a lidar com dores musculares, ou se estiver à procura de melhorar desempenho no treino ao longo do tempo, uma sessão de sauna pós-treino pode valer a pena. Mas lembre-se que só a deve utilizar 15 minutos depois. Porquê? Porque a temperatura corporal tem de baixar de forma a evitar que o corpo sofra um golpe de calor.

Para aumentar os benefícios, deve ficar por lá durante cinco a dez minutos e, logo de seguida, tomar um duche de água fria. “No banho, deve-se começar pelas extremidades e ir até ao centro do corpo. Assim, há uma vasoconstrição sanguínea que ajudará a eliminar os resíduos dos músculos e, ao mesmo tempo, nutri-los.”

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA