fit

A “sopa da imunidade” recomendada por nutricionistas é ideal para evitar constipações

Os espinafres são um dos ingredientes que ajudam a reforçar o sistema imunitário. É perfeita para os dias mais frios.
É super saudável.

As primeiras sopas começaram a ser feitas cerca de 20 mil anos antes de Cristo, quando apareceu a cerâmica. Tal novidade facilitava o ato de ferver água sobre uma lareira e, depois, bastava adicionar mais alguns ingredientes.

O prato barato e fácil de preparar acabou por se tornar a base de muitas dietas. Como sabemos, existem centenas de receitas que, além de deliciosas, são ricas em benefícios para a nossa saúde. Com a ajuda da nutricionista Magda Roma, trazemos uma proposta que se vai tornar numa das suas favoritas.

Uma das estrelas desta “sopa da imunidade” é a cevada, rica em fibras solúveis e insolúveis, sendo algumas consideradas de probióticas, ou seja, beneficiam as bactérias intestinais. “Estão associadas a uma melhoria da saúde intestinal, logo, o seu sistema imunitário irá ficar mais fortalecido”, conta. Além disso, é fonte de vitaminas do complexo B e minerais, o que “auxilia na saúde em geral”.

Este cereal, apesar de pouco usual na cozinha tradicional portuguesa, é fácil de encontrar à venda em qualquer supermercado. No Pingo Doce e Continente, por exemplo, uma embalagem de 250 gramas custa 2,29€. Prepara-se da mesma forma que a quinoa, soja ou arroz, ou seja, apenas tem de deixar ferver numa panela até estar mais mole.

Depois, tem a ameixa umeboshi, que ajuda na digestão e conta com antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres (substâncias com a capacidade de causar dano celular e alterações ao ADN). A parte mais importante é o facto de ter propriedades antibacterianas e antivirais, o que “contribui para o combate a infeções”.

O último superalimento desta sopa é o espinafre. “Todos conhecemos a sua riqueza em vitaminas A, C, K, B9, bem como em minerais como o ferro e cálcio”, aponta Magda Roma. Esta folha verde tem também luteína e zeaxantina, fitonutrientes com ação ocular — ou seja, ajudam a melhor a saúde da visão.

“O facto de ser rico em ferro e vitamina C faz com que o espinafre represente um casamento nutricional perfeito, uma vez que a vitamina C auxilia a absorção do ferro”, conclui.

A receita conta com alguns mais ingredientes que, provavelmente, já terá no frigorífico.

Do que precisa

— 1 chávena de cevada
— 1 cebola
— 2 dentes de alho
— 1 alho-francês
— 1 curgete
— 1 chuchu
— 1 molho de espinafres
— azeite q.b.
— 1 pitada de sal
— 1 ameixa umeboshi

Como se faz

Antes de começar a preparar a sopa, trate da cevada. Coloque-a numa panela com o triplo da água e deixe cozinhar durante cerca de uma hora. No final, coa a água e reserva. Numa outra panela, coloque os restantes legumes cortados em pedaços e acrescente água até ter a quantidade desejada de sopa. Quando estes estiverem macios, triture-os até ficarem em creme. Depois, adicione a cevada cozida.

Para terminar, coloque os espinafres lavados numa taça, acrescente água a ferver e faça o escaldão durante cerca de cinco minutos. A seguir, tire a água e acrescente estes legumes à panela. Coloque azeite, temperos e sirva num prato com ameixa cortada aos cubos.

Carregue na galeria e conheça outras receitas saudáveis que ajudam a reforçar a imunidade.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA