cultura

“Sozinho em Casa” regressa este Natal mas desta vez pode vê-lo no cinema

"When Harry met Sally" e "Pretty Woman" também vão ser exibidos este mês no ecrã do Auditório César Batalha, gratuitamente.
Estreou em 1990.

Este mês chega ao fim o ciclo dedicado à “História do Cinema Americano — Anos 80”, com sessões semanais de filmes que o cineasta Lauro António escolheu, num projeto idealizado e organizado por ele, antes de falecer em fevereiro deste ano. Ao todo, foram escolhidas 60 obras cinematrográficas, que todas as semanas foram exibidas no Auditório Municipal Maestro César Batalha, nas Galerias Alto da Barra, em Oeiras. 

Depois da sua morte, a Câmara de Oeiras decidiu continuar a promover a iniciativa, em homenagem à carreira do professor, crítico, ensaísta e dinamizador cultural, assegurando a continuidade do projeto até final do ano. “Foi um dos mais conceituados cineastas portugueses, tendo dado a honra a este município de colaborar, ao longo de décadas, em diversas iniciativas culturais com um profissionalismo e competência exemplares”, afirmou à New in Oeiras, Carlos Alberto Pinto, responsável pela Divisão de Turismo e Gestão de Eventos no município, aquando da morte do cineasta. 

A seguir à primeira masterclass “Filmes que eu amo”, em 2018, onde Lauro António apresentou uma seleção de 60 filmes que o marcaram ao longo da vida, em 2019, surgiu a segunda parte da iniciativa, com a apresentação de 50 películas. A prova do sucesso deste projeto é que em 2020 chegou a terceira temporada das masterclasses que, devido à pandemia, teve que ser interrompida, sendo posteriormente retomadas as exibições em 2021.

Para 2022, Lauro António decidiu criar uma lista apenas com filmes dos anos 80. As “Masterclasses de História do Cinema Americano — Anos 80” tiveram início em janeiro, onde foram apresentados filmes de 1980, tal como aconteceu em fevereiro. Em março e abril foram exibidas produções de 1981. Maio e junho trouxeram ao cartaz obras cinematográficas de 1982 e 1983 e julho deu destaque aos anos de 1983 e 1984.

Em agosto, os espectadores puderam assistir a filmes de 1984 e 1985 e, em setembro, foram exibidas obras de 1985 e 1986. Em outubro, os quatro filmes em cartaz eram de 1986. Em novembro, o público pôde ver cinco filmes que estrearam entre 1988 e 1989.

As sessões aconteceram todas as terças-feiras, às 16 horas, e houve até sessões duplas, entre junho e agosto, com exibições também às quartas-feiras. O público viu ou reviu clássicos que fazem parte da história do cinema como “Shining“, “E.T. — O extraterrestre“, “Os Caça-Fantasmas“, “Regresso ao Futuro” ou “Batman“, entre outros.

Os oeirenses puderam, assim, assistir a filmes que marcaram gerações e que talvez nunca tenham conseguido ver num ecrã de cinema — que, convenhamos, traz muito mais emoção que o da televisão ou computador. A finalizar o ano e o projeto, estão filmes de 1989 e de 1990, já a marcar a entrada numa nova década em Hollywood, mas ainda com muitas influências dos anos 80. 

Para o mês de dezembro, estão marcadas três sessões, que decorrem sempre às terças-feiras (dias 6, 13 e 20), a partir das 16 horas. Duas comédias românticas e um dos filmes de Natal mais vistos de sempre, são estas as películas que fecham este ciclo anual de cinema. Vai poder rever as aventuras de Kevin McCallister ao tentar defender a sua casa da invasão de dois ladrões, que não esperam as partidas que o miúdo lhes pega. 

6 de dezembro

Um amor inevitável” (When Garry met Sally” ) de Rob Reiner, com Billy Crystal, Meg Ryan, Carrie Fisher, entre outros.

13 de dezembro

Pretty Woman — Um sonho de mulher” (Pretty Woman) de Garry Marshall, com Richard Gere, Julia Roberts, Ralph Bellamy, entre outros.

20 de dezembro

Sozinho em Casa” (Home Alone), de Chris Columbus, com Macaulay Culkin, Joe Pesci, Daniel Stern, John Heard, entre outros.

O Auditório Municipal Maestro César Batalha situa-se nas Galerias Alto da Barra, na Avenida das Descobertas, em Oeiras. A entrada é gratuita, mas está limitada aos lugares disponíveis. É necessário levantar uma senha meia hora antes do início de cada sessão. Se tiver dúvidas ou quiser obter mais informações, pode fazê-lo através do email carlos.pinto@nulloeiras.pt ou do número de telefone 214 408 565.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA