cultura

Oeiras recebe Travessia das Letras no Parque dos Poetas

A 2.ª festa infantojuvenil da língua portuguesa decorre de 16 a 22 de maio no Templo da Poesia. A entrada é livre.
Marque na agenda.

De 16 a 22 de maio todos os caminhos vão dar ao Templo da Poesia, no Parque dos Poetas, em Oeiras, com a chegada da Travessia das Letras. A programação da 2.ª festa infantojuvenil da língua portuguesa está centrada no Bicentenário da Independência do Brasil, numa celebração que envolve vários artistas lusófonos. 

A literatura é a grande protagonista da iniciativa, mas haverá várias atividades relacionadas com outras expressões artísticas como teatro, cinema, música e culinária.

“Vamos ampliar a Festa da Língua Portuguesa para além das atividades relacionadas com a literatura, agregando outras expressões artísticas tais como teatro infantil, cinema de animação e música, sempre com o ponto de partida a literatura infantojuvenil celebrando grandes nomes brasileiros que irão interagir com nomes relevantes de Portugal”, afirma Cláudia Pinheiro, mentora do evento e responsável da Dois Um, empresa luso-brasileira que trouxe para Portugal outros projetos como “Arquitetura Portuguesa no Traço de Lúcio Costa”, montada em Lisboa em 2013, ano do Brasil em Portugal.

Entre os artistas e atrações brasileiras estarão presentes: Pedro Luís, com uma oficina de ritmo brasileiro, que a partir de “Carinhoso”, uma das canções mais importantes da obra do maestro, instrumentista e compositor Pixinguinha, construirá uma atividade percussiva infantojuvenil, usando um dos mais simples e geniais ritmos brasileiros, a marcha-rancho; Roberto Bontempo e Miriam Freeland que irão atuar na encenação do livro “Ideias para adiar o fim do nundo”, de Ailton Krenak; Cacá Mourthé e Ricardo Kosovki que promovem uma Oficina Teatral da peça “Pluf, o Fantasminha”, de Maria Clara Machado; Daniel Munduruku, que recebeu menção honrosa do Prêmio Literatura para Crianças e Jovens na Questão da Tolerância da ONU; entre outros.

“Faremos narrações de histórias e leituras dramatizadas de vários clássicos infantojuvenis brasileiros”, antecipa a jornalista, escritora e curadora do evento, Luciana Savaget, autora de “Nossas histórias são suas histórias”, que participará num debate com Stefania de Brito, escritora luso-brasileira, autora de “Uma Aventura Hospitalar”.

No grupo de portugueses que vão marcar presença na Travessia das Letras, através de suas obras, estão Luísa Ducla Soares, Mário de Carvalho, Inês Fonseca Santos, João Maio Pinto, além da jornalista Rita Pimenta, entre outros convidados.

Travessia das Letras é uma iniciativa que conta com o patrocínio da Câmara Municipal de Oeiras, em Portugal, e do município de Oeiras, no Piauí, cidades irmãs. Com pouco menos de 40 mil habitantes, Oeiras no Piauí foi identificada pela UNESCO, em 2021, como case de gestão educacional inovadora, o que motivou a Organização a promover uma pesquisa para investigar as razões do sucesso do município: “Boas Práticas de Gestão em Educação Municipal: o caso de Oeiras (PI)”.

A Travessia das Letras nasceu a partir do desejo de aproximar culturas que partilham a língua portuguesa, como Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, que espalhados por quatro continentes, reúnem mais de 250 milhões de pessoas que falam o idioma português.

O evento, cuja primeira edição aconteceu em 2019, tem como mascote o Polvo Zé, criado pela escritora e ilustradora brasileira, Mariana Massarani. Apesar de a entrada ser livre, para participar das oficinas é obrigatório inscrever-se através do email travessiadasletras2022@nullgmail.com.

A Travessia das Letras acontece de 16 a 22 de maio, das 9h30 às 18 horas, no Templo da Poesia (Parque dos Poetas). Para conhecer em pormenor toda a programação, siga a página de Facebook do evento. 

Um evento a não perder.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA