cultura

O novo auditório de Paço de Arcos tem matinés culturais com cinema gratuito este verão

Entre julho e agosto, às quintas e aos sábados, as tardes são passadas no Centro Cultural José de Castro. Conheça a programação.
"When Harry Met Sally" é um dos filmes que serão exibidos.

É um espaço recheado de histórias e muitas aventuras, algumas certamente dignas de filme, já que durante mais de três décadas (entre 1975 e 2008) foi ali que esteve sediado o quartel dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos. Acabou por ser totalmente desativado apenas em 2016, dando lugar a um projeto que iria transformá-lo num espaço de cultura e saúde mental. A 27 de abril deste ano foi, finalmente, inaugurado o Centro Cultural José de Castro e agora os filmes que por lá passam são outros.

“Na realidade, não é apenas um teatro, ou um auditório, ou uma sala de conferências, é tudo isso ao mesmo tempo. Queremos que seja um ponto de encontro da comunidade. É um espaço intimista, mas que permite que tudo possa acontecer aqui”, afirmou Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, no dia da inauguração. 

Instalado no piso térreo do edifício, encontra-se o Auditório José de Castro, com capacidade para 115 espectadores. A área de 424 metros quadrados inclui um foyer, um palco (amovível), a plateia (desmontável), uma régie em mezanino e ainda três camarins equipados. É, dessa forma, um espaço que poderá receber diferentes tipos de eventos e espetáculos.

Algumas ideias, para dinamizar o espaço, já saíram do papel e estão postas em prática. É disso exemplo a programação de verão, que engloba matinés de cinema, com entrada gratuita. Como um espaço aberto à comunidade, o objetivo é proporcionar momentos agradáveis, que enriqueçam a vida cultural de todos aqueles que vivem e passam pelo concelho de Oeiras. 

O novo Auditório José de Castro acolhe, assim, as “Matinés Paço de Arcos” com uma programação que vai agradar principalmente àqueles que não têm férias nesta altura ou que não vão para fora nas próximas semanas, já que a proposta passa por promover atividades culturais em algumas tardes dos meses de julho e agosto. 

Às quintas-feiras, pelas 18 horas, pode contar com sessões de cinema, baseadas nas masterclasses do cinema americano dos anos 80, idealizadas pelo cineasta Lauro António, que contam com o apoio do Município de Oeiras. Primeiramente exibidas nas Galerias do Alto da Barra, chegam agora a este novo espaço, para que mais pessoas tenham acesso a este projeto cinematográfico. 

Por outro lado, aos sábados, pelas 18h30, pode assistir à iniciativa “Paça Aqui”, onde são exibidas várias curtas-metragens, em cada dia, na maioria relacionadas com música, bandas e artistas. Há também espetáculos únicos, como aquele que vai acontecer no domingo, dia 30 de julho, às 17 horas, com um recital da Jovem Orquestra Portuguesa. 

Para que saiba exatamente que obras serão exibidas em cada dia, tome nota de toda a programação e chame os amigos, para aproveitarem juntos estas matinés culturais.

Masterclasses do Cinema Americano dos Anos 80

27 de julho — “Os Goonies” (The Goonies), de 1985, realizado por Richard Donner, com Sean Astin, Josh Brolin e Jeff Cohen.

3 de agosto — “Top Gun: Ases Indomáveis” (Top Gun), de 1986, realizado por Tony Scott, com Tom Cruise, Kelly McGillis e Val Kilmer. 

10 de agosto — “Footloose: A Música está do teu lado” (Footloose), de 1984, realizado por Herbert Ross, com Kevin Bacon, Lori Singere  John Lithgow.

17 de agosto — “Os Caça-Fantasmas” (Ghost Busters), de 1984, realizado por Ivan Reitman, com Bill Murray, Dan Aykroyd e Sigourney Weaver.

24 de agosto — “Os Ricos e os Pobres” (Trading Places), de 1983, realizado por John Landis, com Dan Aykroyd, Eddie Murphy e Denholm Elliott.

31 de agosto — “Um Amor Inevitável” (When Harry Met Sally), de 1989, realizado por Rob Reiner, com Billy Crystal, Meg Ryan e Carrie Fisher. 

“PaÇa Aqui” (curtas-metragens)

29 de julho:

— Eco (7:56 minutos): “Eleanor Rigby” de The Beatles (apenas créditos) por João Milho.

— Nothing at All (8:15 minutos): “The Pusher”, de Steppenwolf e “Love Street”, de The Doors por Martim Maçãs.

— Loop (4:01 minutos): “Detroit: Become Human”, de Nima Fakhrara por Henrique Cabral.

— M.M.S.F. (6:52 minutos) de Tomás Pereira + Making Of do CineClube Oeiras #2 (16:02 minutos)

5 de agosto:

— Um Bater de Asas (6:26 minutos): “Runaway”, de Kanye West e Pusha T (cover com interpretação ao piano pelos alunos), por Francisco Mendonça.

— Círculo Fechado (5:51 minutos): “Happy Birthday”, de Mac Miller, por Pedro Leal.

— Soul Love (9:38 minutos): “Soul Love” de David Bowie por Laura Conceição + Making Of CineClube Oeiras #2 (16:02 minutos)

12 de agosto:

— Echo Sui Generis (6:40 minutos):“She Moves In Her Own Way”, de The Kooks por Laura Conceição.

— Epifania (9:03 minutos): “For The Night (feat. Lil Baby & DaBaby)” de Pop Smoke e “We Might Be Dead By Tomorrow”, de Soko por Lara Almestre e Inês dos Santos.

— Um passeio pela Floresta (5:25’ minutos): “Pumped Up Kids” e “Astronomia (Medieval Style)” de Cornelius Link por Ricardo Afonso.

— Good Times Bad Times (5:53 minutos): “Good Times Bad Times”, de Led Zeppelin  por João Milho e Francisco Coelho + Making Of CineClube Oeiras #1 (8:53 minutos).

19 de agosto:

— Último Aviso (6:51 minutos): “1MoreHour” de StylesDior por Filipa Reis e Maria Fernandes.

—Refuge (7:31 minutos): “One Summer’s Day” (from “Spirited Away”), de Joe Hisaishi e London Symphony Orchestra por Ana Pires, Duarte Lopes e Miguel Moreira.

—Pedro (6:22 minutos): “Nothing Else Matters”, de Metallica por Pedro Machado + Making Of CineClube Oeiras #1 (8:53 minutos) + Making Of CineClube Oeiras #3 (9:27 minutos) e “Laurentech”, de Special Other.

26 de agosto:

—Sem Filtro (7:30 minutos): “Here i Go Again”, de Whitesnake por Mariana Martins.

—Flor E Fogo (5:49 minutos): “HENTAI” de Rosalía (cover com interpretação ao piano pelos alunos) por Gabriel Correia.

—A Flor Nacional (8:10 minutos): “Let’s Misbehave”, de Irving Aaronson and His Commanders por Pedro Sàágua + Making Of CineClube Oeiras #3 (9:27 minutos) e “Laurentech”, de Special Others.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA