cultura

Novo documentário da HBO revela os podres do futebol — e o esquema do hacker Rui Pinto

“A Game of Secrets” acaba de chegar à plataforma de streaming e explora o caso de pirataria que abalou o futebol.
Rui Pinto é o português responsável pelo Football Leaks

Todos o conheciam por John. Era o hacker do temido Football Leaks, o site anónimo que teimava em revelar todos os segredos que os clubes e agentes de futebol procuravam esconder. Ninguém sabia como é que este desconhecido tinha acesso a tanta coisa e sabia os podres dos mais poderosos.

A identidade acabaria por ser descoberta: um jovem português chamado Rui Pinto estava na origem da divulgação de milhares de documentos que colocaram as autoridades europeias a mover processos atrás de processos. Foram descobertos esquemas de lavagem de dinheiro, de burla, e dezenas de clubes viram os seus esquemas ilegais desmontados na praça pública.

Agora, sete anos depois do rebentar do escândalo, a saga de Rui Pinto chega à HBO em formato de documentário. “A Game of Secrets” é da autoria de Niels Borchert Holm, documentarista com obra muito ligada ao mundo do futebol. Fez, em 2017, “The FIFA Family: A Love Story”, sobre o escândalo da escolha do Qatar como organizador do próximo Mundial; e voltou ao tema em 2018 com “A World Cup of Spies”, que procurava, na mesma temática, a verdade por detrás da escolha da Rússia para acolher o evento desse ano.

Ainda com Rui Pinto na sombra, a divulgação de documentos levou ao nascimento de processos polémicos, como o que levou Cristiano Ronaldo a enfrentar o fisco espanhol em tribunal e a arriscar pena de prisão. À medida que o nó foi sendo desatado, outros nomes surgiram em cima da mesa, num processo cada vez mais complexo.

Nélio Lucas, um agente de futebol ligado à agência Doyen, foi alegadamente ligado a negócios com oligarcas do Cazaquistão e é apontado como um dos nomes que tentou estancar a hemorragia provocada por John. Identidade descoberta, todo um mundo de controvérsias explode.

Uns, acusam Rui Pinto de ser um justiceiro, cujos atos de pirataria ilegal não são mais do que uma forma de obter justiça. Outros, apontam-lhe o dedo, por se tentar substituir às autoridades — mas também por acreditarem que as suas intenções não foram sempre tão transparentes quanto alegava.

A verdade é que o veredito ainda não foi dado, mas será possível explorar toda a dramática história que abalou o futebol mundial. O documentário de pouco mais de 80 minutos está disponível na HBO Max.

Carregue na galeria para descobrir outras estreias que chegam à televisão em outubro.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA