cultura

Mercado do livro infantil chega a Oeiras com muitas atividades para os miúdos

O Mercado Municipal de Oeiras vai receber o evento no fim de semana de 1 e 2 de abril. A entrada é gratuita.
Os miúdos vão adorar.

Gostar de ler na vida adulta é, normalmente, mais comum quando os hábitos de leitura são incutidos desde cedo. Se é algo que quer passar aos seus filhos, certamente tem vindo a criar uma pequena biblioteca infantil, que vai aumentando consoante crescem também os miúdos. Neste caso, vai gostar de saber que no primeiro fim de semana de abril, dias 1 e 2, o Mercado Municipal de Oeiras vai receber a iniciativa “Livrinhos — Mercado do Livro Infantil” onde vai encontrar, além das obras literárias dedicadas aos mais novos, muitas atividades que os miúdos vão adorar.

As datas escolhidas não podiam ser outras, já que no dia 2 de abril, domingo, se celebra o nascimento de Hans Christian Andersen (1805-1875), um escritor e poeta dinamarquês, que ficou famoso pelos contos infantis que criou como “O soldadinho de chumbo” ou “A pequena sereia”. Em sua homenagem, a partir de 1967, este dia passou a ser designado pelo Dia Internacional do Livro Infantil. Nesta data, é comum celebrar-se a literatura infantil com diversas iniciativas.

Assim, o evento que irá decorrer em Oeiras, contará com uma grande programação cultural, composta por oficinas, workshops, sessões de autógrafos e conversas dirigidas ao público mais novo, proporcionadas pelos autores e ilustradores das editoras que estarão presentes. Esta é uma iniciativa do Município de Oeiras, através das suas Bibliotecas Municipais, que vai decorrer entre as 10 e as 19 horas ao longo dos dois dias.

Tome nota de tudo o que irá acontecer por lá. 

1 de abril (sábado)

11 horas — Oficinas do Pensamento: Justiça/Injustiça, na Sala Marés, para miúdos dos cinco aos 12 anos, acompanhados por um adulto. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt. “Como podemos lutar por um mundo mais justo? Com base na experiência vivida das crianças, iremos abrir espaço para um debate de ideias em torno de questões éticas ligadas às noções de justiça e de injustiça. Através do diálogo democrático, iremos desenvolver a argumentação, o espírito crítico e a empatia”.

12 horas — Hora do conto: “Em frente à minha casa” pela editora Baduga, no Espaço Oceano.

12h30 — Hora do conto: “Um, dois, três” pela editora Baduga, no Espaço Oceano.

15 horas — Sessão de autógrafos com Patrícia Furtado, autora do livro “Bruxa Matilde”, na Banca da Entre’livros.

15 horas — “Nep e Tuno visitam o Bairro”: apresentação do livro feito pela EB1PAC sobre o Bairro dos Navegadores com a professora bibliotecária Magda Cruz e os seus alunos, no Espaço Oceano.

15h30 — Sessão de autógrafos com Maria Inês de Almeida, autora da coleção “Diário de uma Miúda como tu” na Banca da Entre’livros.

15h30 — Concerto Miúdo — Música de Brincar, para miúdos dos dois aos seis anos, acompanhados por um adulto, na Sala Marés. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt. “Um concerto-brincadeira intimista, feito com instrumentos acústicos, objetos sonoros, danças e diversões, que convida as pessoas a criarem musicalmente com os artistas. As canções são compostas pelo Gui Calegari, com a dança da Clara Bevilaqua”. 

16h30 — Oficina de Escrita Criativa por Mafalda Cordeiro, para miúdos dos oito aos 12 anos, na Sala Marés. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt. “Partindo de livro infantis que sensibilizam as crianças para a importância da preservação sustentável dos oceanos, mares e recursos marítimos vamos trabalhar a escrita criativa, não só através de palavras e textos, mas também de ilustrações.”

17 horas — “Há mar e mar, a ir e contar”: contos e histórias com sabor a mar, pela bolsa de contadores da Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras, no Espaço Oceano.

18 horas — Dinamização de jogos Palavra por Palavra, dinamização de jogos de mesa, com o intuito de se divertir, desenvolver o vocabulário, a argumentação, as capacidades narrativas e a o espírito de grupo, no Espaço Oceano. 

2 de abril (domingo)

10 horas — “MAR”, oficina dinamizada por Maria Paula Cruz, técnica das Bibliotecas Municipais de Oeiras, na Sala Marés. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt. 

11 horas — “Há mar e mar, a ir e contar”: contos e histórias com sabor a mar, pela bolsa de contadores da Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras, no Espaço Oceano.

11h30 — “Que planeta é este?”, hora do Conto e Oficina com Luiza Reis, para famílias, na Sala Marés. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt. “Esta história da ilustradora Eduarda Lima (edições Orfeu Negro) desafia-nos a partir à descoberta do nosso planeta deslumbrante. Do Alasca à Austrália, por desertos, florestas e mares de mil cores, vamos viajar por lugares fascinantes e únicos no mundo. No fim, há uma mini-oficina para criarmos uma cidade mais verde, feliz e sustentável”.

15 horas — Oficina de Escrita Criativa por Mafalda Cordeiro, para miúdos dos oito aos 12 anos, na Sala Marés. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt. “Partindo de livro infantis que sensibilizam as crianças para a importância da preservação sustentável dos oceanos, mares e recursos marítimos vamos trabalhar a escrita criativa, não só através de palavras e textos, mas também de ilustrações.”

15 horas — Sessão de autógrafos com Nuno Caravela, na Banca Entre’livros.

16 horas — “Monstrocedário”, hora do conto com Joana Maurício e Cristina Arvana, no Espaço Oceano.

16 horas — Oficina aberta de ilustração com a Ilustradora Teresa Cortez, seguida de sessão de autógrafos, na Sala Marés. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt.

17 horas — Sessão de contos, promovida pela editora Baduga, no Espaço Oceano. 

17h30 — “Há mar e mar, a ir e contar”: contos e histórias com sabor a mar, pela bolsa de contadores da Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras, no Espaço Oceano.

18 horas — Oficina de construção de jogos “Pura abstração” Realização de jogos de tabuleiro abstratos, com materiais pobres e de reciclagem, na Sala Marés. A atividade é gratuita mas sujeita a inscrição prévia através do email carla.diniz@nulloeiras.pt.

O cartaz.
Este artigo foi escrito em parceria com a Câmara Municipal de Oeiras.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA