cultura

Já pode ter consultas de sexologia e aconselhamento conjugal dentro de um museu

A ideia insere-se no âmbito da exposição "Amor Veneris", criada pelo MUSEX, patente no Palácio Anjos, em Algés.
Uma iniciativa inédita no País.

Existem tabus que têm que ser quebrados. As conversas e o conhecimento em torno do prazer sexual feminino são um deles e, para isso, foi criada a exposição “Amor Veneris — Viagem ao Prazer Sexual Feminino”, inaugurada no passado mês de junho, e aberta ao público até 30 de dezembro. Ao longo destes meses, no Palácio Anjos, em Algés, os visitantes entram numa viagem ao prazer sexual feminino através de experiências, que de uma forma artística e científica, pretendem ser pedagógicas e provocadoras, para que se reflita sobre o tema. 

Desde a abertura, que a exposição tem promovido diversas iniciativas paralelas, com o objetivo de trazer a debate questões relacionadas com o tópico central como, por exemplo, conversas sobre o orgasmo feminino, oficinas do prazer, aulas de defesa pessoal, entre outras. A mostra é uma ideia original da terapeuta sexual e familiar Marta Crawford e a primeira exposição do MUSEX — Museu Pedagógico do Sexo, criado em 2010 pela própria, dedicado ao estudo da sexualidade humana, fazendo a ponte entre esta e a arte contemporânea.

Agora, surge mais uma novidade, totalmente inédita. A exposição cria, pela primeira vez em Portugal, um serviço de consultas de sexologia e aconselhamento conjugal dentro de um museu.

O objetivo é disponibilizar este tipo de consultas, numa parceria realizada entre o Musex e a Associação para o Planeamento da Família (APF), a preços mais acessíveis, com o objetivo de promover uma sexualidade mais feliz e realizada. As consultas estão a decorrer, desde o final de julho, num espaço dentro do Palácio Anjos, em Algés, onde se encontra patente a mostra.

O serviço de sexologia é coordenado pela psicóloga e terapeuta sexual Paula Pinto, da APF. Todos os terapeutas são acreditados pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica. As consultas podem ser agendadas no site do Musex e têm o valor de 45€, tanto as individuais como as de casal.

“As consultas de sexologia inserem-se na missão e nos objetivos do Musex — Museu Pedagógico do Sexo e no conceito da própria exposição”, afirma Marta Crawford, criadora do projeto e curadora da exposição, em comunicado.

“Queremos promover o conhecimento e a reflexão sobre a sexualidade humana, numa perspetiva educativa, através de expressões artísticas e de conteúdos científicos e um dos nossos objetivos é prestar serviços de informação, esclarecimento, aconselhamento e terapia sexual, para que as pessoas possam ter uma vida mais feliz e realizada”, conclui a sexóloga. 

“Amor Veneris — Viagem ao Prazer Sexual Feminino” tem curadoria de Marta Crawford e Fabrícia Valente e conta com o apoio do Município de Oeiras. Tem um programa cultural diversificado e dirigido a diferentes públicos-alvo: fins de tarde com momentos de performance e entretenimento; oficinas artísticas e pedagógicas; conversas sobre a sexualidade feminina e a sua representação artística e dias específicos dedicados às famílias com atividades para encorajar a reflexão e o diálogo sobre a sexualidade, entre outras iniciativas.

Pode visitar a exposição de terça-feira a domingo, entre as 11 e as 19 horas (sextas e sábados até às 20 horas), até dia 30 de dezembro, no Palácio Anjos, em Algés.

Carregue na galeria para conhecer alguns dos espaços da exposição “Amor Veneris — Viagem ao Prazer Sexual Feminino”.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA