cultura

Fábia Rebordão conversa com o público em ambiente de “Sala de Estar” esta semana em Algés

É mais uma edição da iniciativa, que se realiza esta quinta-feira, 30 de novembro, no Teatro Municipal Amélia Rey Colaço.
A cantora tem 38 anos.

Começou a cantar fado em tascas lisboetas, integrou o musical “My Fair Lady” de Filipe La Féria e participou na segunda edição do programa “Operação Triunfo” da RTP1. Tudo ainda na adolescência. O caminho de Fábia Rebordão na música previa-se de sucesso e assim foi. Hoje, com 38 anos, tem uma carreira consolidada como uma das vozes referência do fado novo.

Esta quinta-feira, 30 de novembro, vai estar em Algés, no Teatro Municipal Amélia Rey Colaço, de uma forma diferente daquela a que o público está habituado. A cantora e compositora é a convidada especial de mais uma “Sala de Estar”, iniciativa promovida pela Companhia de Actores, que promove noites de partilha e proximidade entre artistas e público. 

“Com muita música e histórias de vida à mistura, contadas na primeira pessoa, em ambiente caloroso e descontraído, tal como aconteceria entre amigos, numa verdadeira sala de estar”, afirma a organização. “Desta vez, quem nos abre as portas é Fábia Rebordão, dona de uma voz poderosa, que já pisou alguns dos maiores palcos do mundo, como o mítico Carnegie Hall, em Nova Iorque”, refere. 

Embora o fado seja a sua paixão, Fábia garante que as suas influências musicais são diversas, da soul à bossa nova, à morna, ao blues ou ao jazz. Foi em 2011 que lançou o seu disco de estreia “Fado a oitava cor”. Em 2012 é distinguida pela Fundação Amália com o prémio Revelação Amália Rodrigues e o “Expresso” considera-a uma das 50 personalidades revelação do ano. O seu último álbum “Eu sou” foi lançado em 2021.

Com curadoria da atriz e encenadora Cláudia Semedo, “Sala de Estar” é uma iniciativa que permite uma experiência única e exclusiva para o público, que pode, assim, viver um serão de conversa, troca de ideias e partilha de histórias, num ambiente próximo e intimista, com os seus artistas favoritos. Por lá já passaram nomes como Dino D’ Santiago, NBC, Márcia, Sara Tavares, Tatanka, Selma Uamusse, Djodje e Kady, entre outros. 

O sessão está marcada para esta quinta-feira, 30 de novembro, com início às 21 horas. Os bilhetes custam 10€ e pode adquiri-los online. Para mais informações ou reservas pode contactar o número 919 714 919 ou o email cda.reservas@nullgmail.com. O Teatro Municipal Amélia Rey Colaço fica no número 16A da Rua Eduardo Augusto Pedroso, em Algés.

Antes do evento, pode passar no Palácio Anjos, mesmo ali em Algés, para conhecer a exposição do artista plástico oeirense Carlos Nogueira. Despertamos-lhe a curiosidade com algumas imagens da mostra que pode ver na galeria.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA