cultura

Este verão há sessões de cinema ao ar livre em Oeiras

A iniciativa decorre todos os sábados, de 2 de julho a 3 de setembro, na Fábrica da Pólvora, em Barcarena.
Um programa para os sábados à noite.

Por ser um concelho junto ao mar, Oeiras ganha mais vida durante os meses de verão. Não só por todos aqueles que escolhem as praias da zona para aproveitar a época balnear — trazendo verdadeiras enchentes aos areais — como pelas iniciativas que o município promove para dinamizar o concelho, como por exemplo, a nível cultural.

São vários os eventos que os oeirenses têm marcados na agenda para os próximos meses e, agora, há mais um para acrescentar à lista. No âmbito das “Animações de Verão”, o município traz à comunidade a 1.ª edição do Cinema ao Ar Livre.

A Fábrica da Pólvora, em Barcarena é, mais uma vez, o cenário escolhido para receber todos aqueles que querem viver esta experiência. Seja uma num encontro mais romântico, em casal, ou num convívio mais aberto com amigos e família, vai poder assistir a bons filmes num grande ecrã, sob a luz da lua. 

Há sessões todos os sábados, de 2 de julho a 3 de setembro, com início às 21h30. Há filmes para todos os gostos, desde comédia, a aventura, ação, animação, drama, musical e crime. Basta escolher qual quer ver ou rever, levar uma manta onde se sentar e, claro, não se pode esquecer das pipocas. 

Tome nota de todos os filmes que vai poder ver em cada sessão.

Julho 

2 — “Agente Haxe” (2020) de Jean-Paul Salomé.

9 — “O Bom Patrão” (2021) de Fernando León de Aranoa.

16 — “August Rush — O Som do Coração” (2007), de Kirsten Sheridan.

23 — “Nada a declarar” (2010) de Dany Boon.

30 — “Homem-aranha: Sem Volta a Casa” (2021) de Jon Watts.

Agosto

6 — “Bem-vindo ao Norte” (2008) de Dany Boon.

13 — “O Rei Leão” (2019) — Versão em português de Jon Favreau.

20 — “O menino Nicolau” (2009) de Laurent Tirard.

27 — “Jojo Rabbit” (2019) de Taika Waititi.

Setembro

3 — “Uma fuga para a liberdade” (2016) de Taika Waititi.

Cada bilhete custa 2€ e pode comprá-lo através do site da Ticketline. Para saber mais informações sobre a iniciativa pode ligar para o número de telefone 214 408 565 ou enviar um email para carlos.pinto@nulloeiras.pt. Tenha atenção, pois as portas abrem 30 minutos antes do início da sessão e assim que esta começa, já não é possível entrar.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA