cultura

Este ano, os Óscares vão ser em vários locais — “e como nunca os vimos”

Foram finalmente revelados os primeiros detalhes sobre a cerimónia que está marcada para o dia 25 de abril.
Vão ser a 25 de abril.

Tem sido um segredo guardado como poucos em Hollywood. Este ano, já se sabia que a cerimónia dos Óscares seria um pouco mais tarde do que o habitual, dando margem de tempo para os potenciais filmes nomeados serem visionados devido ao impacto da pandemia nos cinemas. A dúvida, no entanto, mantinha-se: como seria a cerimónia em 2021?

A grande questão estava entre se teríamos algo virtual ou mesmo uma cerimónia física semelhante à que temos todos os anos. Pois bem, a Academia revelou os primeiros detalhes, adiantando que a cerimónia vai multiplicar-se, decorrendo em direto em vários locais. Sabe-se apenas que o já histórico Dolby Theatre, que tem sido palco habitual da entrega de prémios, é um dos cenários garantidos (a bem da tradição).

“Neste ano único que já exigiu tanto de tantos, a Academia está determinada em apresentar uma cerimónia como nunca vimos, dando prioridade ao mesmo tempo à segurança e saúde de todos os participantes”, revelou um porta-voz da Academia citado pela “IndieWire”.

Em dezembro, a “Variety” já revelara que a Academia tinha planos para uma cerimónia com público, mas na altura ainda não se chegara a um consenso por causa da evolução da pandemia. A Academia queria garantir aos fãs aquilo que estes desejavam, com uma cerimónia real em vez das alternativas virtuais que temos visto noutras cerimónias de prémios. Ao mesmo tempo, não queria abdicar da segurança. A aposta vai assim para uma cerimónia a decorrer em múltiplas plataformas, que incluirá performances, além do desafio extra em termos de organização.

A logística ambiciosa está a ser trabalhada pela equipa de produtores, que este ano inclui o cineasta Steven Soderbergh.  “Os próximos Óscares são a ocasião perfeita para inovar”, salientou David Rubin, presidente da Academia. A cerimónia vai decorrer no dia 25 de abril. Será a 93.ª edição dos Óscares.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA