cultura

Está com sorte: a exposição “Fortificações de Oeiras” foi prolongada

Vai poder visitá-la até ao dia 2 de outubro no Centro Cultural Palácio do Egipto, em Oeiras. A entrada continua a ser gratuita.
Forte São Julião da Barra.

A exposição “Fortificações de Oeiras – Património do Tejo e do Mundo” abriu ao público este ano, em maio, e estava planeado terminar no mês de agosto. Mas está com sorte: a nova data de encerramento é a 2 de outubro. Para visitar, basta deslocar-se ao Centro Cultural Palácio do Egipto, na Vila de Oeiras. 

A orla ribeirinha de Oeiras está sobre aquele que é o rio mais extenso da Península Ibérica e, ao longo dos séculos, sentiu-se a necessidade de fortificar este cenário natural. Por essa razão, foi construído, entre outros monumentos, o Forte de São Julião da Barra, no século XVI. O propósito da exposição “Fortificações de Oeiras – Património do Tejo e do Mundo” é dar a conhecer ao público estas construções históricas importantes. 

Recorde-se que esta iniciativa está associada ao projeto de Museu do Tejo, apresentado publicamente no dia 11 de maio, abrangido pela candidatura Capital Europeia da Cultura – Oeiras27.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a sábado, entre as 11 e as 17 horas, e encerra aos feriados. A entrada é gratuita para todos.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA