cultura

Espetáculo baseado em obras de Afonso Cruz vai estar em Oeiras com entrada livre

A sessão única da peça "NÃO" está marcada para dia 1 de março, sexta-feira, no Templo da Poesia.
Foto de Companhia Nacional de Espectáculos

Nasceu a partir de um diálogo entre o encenador Giacomo Scalisi e o escritor Afonso Cruz sobre os livros deste, “Paz Traz Paz” e “O Livro do Ano”, além de outros textos inéditos que surgiram após trocas de ideias. Depois de percorrer várias salas pelo País, o espetáculo de teatro “NÃO” será apresentado no Templo da Poesia, no Parque dos Poetas, em Oeiras.

A sessão está marcada para o primeiro dia de março, sexta-feira, às 21 horas. O objetivo da peça é partilhar, especialmente com jovens, “a importância da liberdade de pensamento e da humanidade como antídotos cruciais contra o ódio”, refere a Companhia Nacional de Espetáculos.

Classificado para maiores de 12 anos, o espetáculo procura ser um lembrete de valores essenciais que não devem ser esquecidos. “‘Não’ lembra-nos das coisas inesquecíveis, é a história do ‘sim’ que deveria ter sido ‘não'”, refere a sinopse da peça. 

Com um elenco composto por Ana Root, Sofia Moura e Rita Rodrigues, a peça narra a história de três mulheres que se unem para explicar a existência dos monstros, que ganham forma na vida de cada um através das mais pequenas coisas, com os medos mais infundados. “O que é, afinal, ser normal?”, é a pergunta que se impõe. “Escolhemos portanto, face à normalidade que nos cerca, o único caminho que nos parece pouco habitual: Resistir. É isso”, escreve Giacomo Scalisi.

A encenação é de Giacomo Scalisi, a partir de textos originais e excertos de Afonso Cruz. A criação musical é da autoria de Ana Root. A entrada é livre, mas sujeita à capacidade da sala, por isso o ideal é chegar cedo. 

Antes do espetáculo, pode aproveitar para petiscar algo ali ao lado, no Oeiras Parque. Entre as várias opções da zona de restauração, está o recente Madeira by Alkimia, com opções de pratos e snacks à moda da ilha. Carregue na galeria para conhecer alguns.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA