cultura

Conheça a programação paralela da exposição “Amor Veneris” em outubro

Os próximos eventos acontecem já esta quinta-feira, dia 13, e sábado, dia 15, no Palácio Anjos, em Algés, onde decorre a mostra.
Marque os eventos na agenda.

A par com a exposição “Amor Veneris — Viagem ao Prazer Sexual Feminino”, que reúne obras de artistas nacionais e internacionais, foi definida uma programação paralela que pretende trazer a debate tópicos relacionados com o tema central da mostra, num programa cultural diversificado.

Desde a inauguração, no passado mês de junho, e até final de dezembro, a mostra tem promovido diversas iniciativas paralelas como, por exemplo, conversas sobre o orgasmo feminino, oficinas do prazer, aulas de defesa pessoal, entre outras. O projeto é uma ideia original da terapeuta sexual e familiar Marta Crawford e a primeira exposição do MUSEX — Museu Pedagógico do Sexo, criado em 2010 pela própria, dedicado ao estudo da sexualidade humana, fazendo a ponte entre esta e a arte contemporânea.

Com curadoria de Marta Crawford e também de Fabrícia Valente, a exposição aborda o tema do prazer sexual feminino a partir de uma perspectiva artística e científica, procurando promover uma experiência pedagógica, provocadora e irreverente e acabar com os tabus sobre o mesmo. Ao todo são 35 os artistas que ali têm expostas as suas obras, divididas pelas três partes da exposição, dedicadas a três diferentes órgãos: cérebro, pele e clitóris. 

Para outubro estão definidos alguns eventos em que pode participar. Tome nota dos dias e dos respetivos horários das atividades. 

13 de outubro (quinta-feira)

17 horas — Oficina do Prazer. “Vulva e vagina e a genitalização dos problemas sexuais”, uma reflexão com Patrícia Pascoal, psicóloga clínica, psicoterapeuta e terapeuta sexual. Nesta oficina será feita uma reflexão a partir da área clínica e da investigação sobre a tendência histórica para limitar as problemáticas sexuais associadas à função sexual.

15 de outubro (sábado)

17 horas — Conversa. “O acesso vedado do prazer sexual feminino: mutilação genital”, com Catarina Alfaro, coordenadora de Programação e Conservação da Casa das Histórias Paula Rego, Janica Ndela, membro da direção da UMAR — União de Mulheres Alternativa e Resposta e do grupo Mulheres Imigrantes em Portugal — PALOP e a psicóloga Sónia Duarte Lopes, com moderação de Marta Crawford. A entrada na conversa é livre, sujeita à lotação da sala.

30 de outubro (domingo)

11 horas — Domingo para famílias: Workshop de Desenho Nú Feminino, com Nicole Sanchéz, membro do Lisbon Drawing Club.

Se quiser estar presente deve fazer uma marcação para o email programacao@nullmusex.pt até 48 horas antes do evento. Há também visitas orientadas à exposição todas as terças e sextas-feiras, ao meio-dia, com uma inscrição mínima de oito pessoas e máxima de 20. Aos sábados e domingos, as visitas orientadas decorrem ao meio-dia e às 15 horas, num máximo de 20 pessoas. 

A mostra, que vem quebrar alguns tabus relacionados com o prazer sexual feminino através de inúmeras experiências, criou uma iniciativa inédita — um serviço de consultas de sexologia e aconselhamento conjugal dentro de um museu. O objetivo é disponibilizar este tipo de consultas a todos aqueles que precisem, numa parceria realizada entre o Musex e a Associação para o Planeamento da Família (APF), a preços mais acessíveis, contribuindo para promover uma sexualidade mais feliz e realizada. As consultas estão a decorrer, desde o final de julho, num espaço dentro do Palácio Anjos, em Algés, onde se encontra patente a mostra.

“Amor Veneris — Viagem ao Prazer Sexual Feminino” conta com o apoio do Município de Oeiras e está aberta ao público de terça-feira a domingo, entre as 11 e as 19 horas (sextas e sábados até às 20 horas) até dia 30 de dezembro, no Palácio Anjos, em Algés. O preço do bilhete é de 5€. 

Carregue na galeria para conhecer alguns dos espaços da exposição “Amor Veneris — Viagem ao Prazer Sexual Feminino”.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA