cultura

Bibliotecas Municipais de Oeiras integram rede da UNESCO

São agora 52 as bibliotecas inseridas neste projeto que desenvolve várias atividades em domínios da organização.
Integraram a 17 de fevereiro.

As Bibliotecas Municipais de Oeiras — Algés, Carnaxide e Oeiras — foram integradas na Rede das Bibliotecas Associadas à Comissão Nacional da UNESCO. A notícia foi avançada pela UNESCO esta quarta-feira, dia 17 de fevereiro.

Os espaços passam a ser membros de pleno direito já neste mês de fevereiro. A rede tem como objetivo encorajar as bibliotecas a realizarem atividades em domínios associados às dinâmicas da UNESCO, como a promoção dos direitos humanos, da paz, da diversidade cultural e do diálogo intercultural, a proteção do ambiente e a luta contra o analfabetismo, por exemplo.

São agora 52 as bibliotecas inseridas nesta rede que desenvolve projetos e atividades em domínios da UNESCO. De relembrar que as bibliotecas de Oeiras sofreram algumas alterações ao seu funcionamento devido ao confinamento que vivemos provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Durante este período, as bibliotecas do concelho estão disponíveis para o empréstimo e devolução de livros, jogos, DVD e CD. Este serviço funciona atualmente com marcação prévia, por telefone.

Poderá entrar em contacto com os espaços através de um dos seguintes números 21 440 6340 (BM Oeiras), 21 097 7480 (BM Algés) ou 21 097 7430 (BM Carnaxide). O horário é de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas, e aos sábados, entre as 8h30 e as 12h30.

Além disso, foi criado o serviço “Livros Livres: empréstimos ao domicílio”. É gratuito e consiste na entrega de livros em casa durante o atual período de confinamento. Para aceder ao novo serviço, disponível em todo o concelho de Oeiras, os leitores devem consultar o catálogo online e pesquisar os livros que pretendem requisitar — num máximo de dois por leitor.

A reserva tem de ser feita pelo número de telefone 918 796 832, de segunda a sexta-feira, entre as 10 e as 16 horas. Os livros serão entregues no domicílio no prazo de 48 horas.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA