cultura

Beyoncé acusada de plágio em canção do novo álbum

O tema "Energy" contava com partes de outro tema da artista Kelis. Após as queixas, o disco "Renaissance" foi alterado.
O álbum foi lançado a 29 de julho.

Beyoncé lançou o seu mais recente álbum na passada sexta-feira, 29 de julho, marcando assim o seu regresso aos projetos a solo — o último foi “Lemonade”, editado em 2016. O tão aguardado comeback da artista está a ser bastante problemático. Após usar uma palavra considerada discriminatória para pessoas com deficiências, Beyoncé está a ser acusada de plágio.

Em questão está a música “Energy”. Segundo a artista Kelis, foi usada uma parte da sua música “Milkshake” sem autorização ou aviso prévio. “Estou chocada com o desrespeito e ignorância por parte da equipa de Beyoncé. Eu soube disto da mesma forma que todos os outros souberam [através da Internet]. Nunca nada é o que parece e algumas das pessoas desta indústria não têm alma ou integridade mas conseguem enganar toda a gente. Isto não é uma colaboração, é roubo”, escreveu no Instagram.

As declarações de Kelis não agradaram os fãs de Beyoncé. A cantora de “Milkshake” acabou por responder na sua página oficial. “Sou um ser humano então é normal que fique zangada e irritada. Sou uma artista. A realidade é que a minha zanga não é apenas com a Beyoncé, porque, ao fim do dia, ela fez sample de uma música minha, e ela já me tinha copiado antes, tal como outros artistas. E não há problema, não me preocupo com isso.”

Kelis explica, então, que o seu problema não é o facto de ter sido copiada, mas sim ambas “serem artistas femininas e negras” numa indústria onde não existem muitas assim. “Nós já estivemos juntas, temos amigos em comum. Não é difícil ela contactar-me, certo? Uma outra artista de 20 anos também usou partes da ‘Milkshake’ e falou comigo antes. É senso comum”.

Após os comentários, Beyoncé alterou o tema “Energy”, retirando os elementos da versão interpretada por Kelis. No início da semana, a artista também alterou a letra de “Heated”, após ser acusada de capacitismo no Reino Unido.

 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA