cultura

Até janeiro, há “Música no Museu” na Fábrica da Pólvora de Barcarena

Os eventos acontecem no primeiro domingo de cada mês. A entrada é gratuita, mas limitada à capacidade da sala.
Começa já em julho.

A Fábrica da Pólvora de Barcarena recebe o “Música no Museu” no primeiro domingo do mês, entre julho e janeiro de 2021. As entradas são gratuitas, mas limitadas aos 25 lugares da sala onde se realiza o evento.

O Museu da Pólvora Negra vai ter pequenos espetáculos de música ao vivo, sempre a começarem às 16 horas. E há muitos convidados.

No domingo, 3 de julho, atua o Quarteto de Cordas por solistas da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras; a 2 de agosto é a vez de Caiá de Assis, por José Assis; no dia 6 de setembro há uma Serenata de Coimbra e Canções Napolitanas, por Carlos Guilherme; a 4 de outubro pode assistir ao Recital por solistas da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, no dia 1 de novembro estão marcados Dois Fados em Concerto, por Teresa Tapadas e Carlos Guilherme; a 6 de dezembro há Fado com Tiago Correia, e no dia 3 de janeiro é a vez do Duo Lírico: Os Grandes Êxitos com Carlos Guilherme e Ana Cosme.

Para mais informações pode ligar para 210 977 422/3/4 ou enviar um email para maria.janeiro@nullcm-oeiras.pt.

tags: Câmara Municipal de Oeiras, concerto, fábrica da pólvora de barcarena, Música, música no museu, oeiras

outros artigos de cultura

mais histórias de Oeiras