cultura

“Alba”: a última peça de Federico García Lorca vai ser apresentada em Oeiras

A sessão única está marcada para o dia 1 de outubro, no Auditório Municipal Ruy de Carvalho, em Carnaxide.
Auditório Municipal Ruy de Carvalho, em Carnaxide.

“A Casa de Bernarda Alba” é o nome original da última peça escrita por Federico García Lorca, no ano de 1936. A história gira à volta de uma matriarca dominadora e controladora, que mantém as cinco filhas, Angústias, Madalena, Martírio, Amélia e Adela, sob vigilância implacável na casa onde vivem, situada numa pequena aldeia espanhola. 

Marcada para o dia 1 de outubro, no Auditório Municipal Ruy de Carvalho, em Carnaxide, “Alba” promete agarrar a atenção dos espetadores numa única sessão que terá início às 21h30 e durará cerca de 70 minutos. 

Esta história, recheada de simbolismo, vai mostrar as várias fases e consequências da decisão de Bernarda ao implementar um luto de oito anos, submetendo as filhas a uma “prisão” dentro da casa. Ao longo da peça, o melhor e o pior destas mulheres vai surgir ao de cima, criando o drama pelo qual a história é conhecida. 

A encenação desta obra de Lorca é responsabilidade de Nuno Loureiro e a lista de atrizes é extensa, incluindo nomes como Bárbara Lopes, Carla Ferreira, Fernanda Borges, Isabel Silva, Joana Garras, Marta Rodrigues, São Machado e Sara Duarte.

Poderá comprar o seu bilhete nos locais habituais por 10€ (para o balcão) ou por 12,50€ (para a plateia). O uso de máscara continua a ser regra obrigatória a seguir, assim como é recomendada a distância social. 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA