cultura

Afinal, o Festival Jardins do Marquês foi adiado para 2021

A organização decidiu marcar novas datas. O evento acontece de 1 a 7 de julho do próximo ano.
Yusuf Cat Stevens foi a primeira confirmação.

Os festivais de verão já tinham sido todos cancelados, quando a organização do Festival Jardins do Marquês —Oeiras Valley confirmou que o evento se ia realizar ainda este ano. Porém, esta sexta-feira, 29 de maio, o comunicado enviado à redação da New in Oeiras revela que só em 2021 é que haverá concertos nos jardins do palácio.

Ainda não há confirmações de artistas naquela que será a primeira edição do evento. Mas já se sabe que o Festival Jardins do Marquês — Oeiras Valley vai realizar-se de 1 a 7 de julho do próximo ano.

“No seguimento da aprovação da proposta de lei do Governo Português que estabelece medidas excecionais e temporárias de resposta à pandemia da doença COVID-19 no âmbito cultural e artístico, e das regras definidas pela Direção-Geral da Saúde agora conhecidas, não estão reunidas as condições para realizar o festival este ano no formato previsto, nomeadamente no que diz respeito à lotação do espaço e à experiência gastronómica integrante do conceito do festival, fatores a que acrescem as restrições à mobilidade dos artistas internacionais”, explica a organização em comunicado.

Quem já tinha comprado bilhetes, saiba que são válidos para as novas datas. Não é necessário fazer a troca ou emissão de novo bilhete. Caso não consiga estar presente no evento de 2021, será feito o reembolso do ingresso, com a emissão de um vale de igual valor ao preço pago. 

A organização do Festival Jardins do Marquês — Oeiras Valley garantem que vão dar novidades em breve, pois já estão a trabalhar no cartaz daquela que será a primeira edição do evento.

O festival contava já conta com vários nomes no cartaz. Os Lighthouse Family, os Nouvelle Vague, Seu Jorge & Daniel Jobim, Yusuf / Cat Stevens, Camané & Mário Laginha, e Rufus Wainwright eram as grandes apostas. O evento contava ainda com um jantar especial elaborado pelo chef Vítor Sobral.

tags: coronavírus, covid-19, Festival Jardins do Marquês, Música, oeiras

outros artigos de cultura

mais histórias de Oeiras