compras

Se quer ter um estilo de vida mais sustentável vai ter de conhecer esta loja de Oeiras

A Planeta R abriu um novo espaço a 1 de junho. Vende produtos sustentáveis, ecológicos e orgânicos para si ou para a casa.
Maria Lopes é a fundadora da Planeta R.

Se é daquelas pessoas que está sempre a dizer que tem de criar hábitos de consumo mais conscientes e sustentáveis, que quer começar a comprar produtos mais ecológicos e que se preocupa com o meio ambiente, está na hora de deixar de falar e passar à ação. Se não sabe por onde começar esta mudança, a NiO dá-lhe uma dica: Avenida de Moçambique, número 8B, em Oeiras. É esta a morada da nova loja da Planeta R (de responsável), desde o dia 1 de junho, quarta-feira.

O crescimento tem sido meteórico. Nasceu em 2020 como uma loja online, em junho de 2021 abriu a primeira loja física no Jardim dos Arcos e agora, um ano depois, mudou-se para um espaço maior, na zona da Figueirinha. Tudo para que possa responder melhor às necessidades dos clientes, não só em termos de uma oferta variada de produtos, como de eventos e iniciativas que possam contribuir para mudar mentalidades e criar um mundo mais verde.

Maria Lopes é a responsável pela loja. Alentejana de nascimento, cresceu em Lisboa, mas cedo voou para outras paragens. Viveu muitos anos fora de Portugal, em vários países europeus, sendo o último a Dinamarca, onde nasceu o seu filho. Em 2018 voltou para Portugal, veio morar para Paço de Arcos, e na bagagem trouxe hábitos ecológicos muito enraizados no seio familiar. Sempre fez reciclagem, comprava peças em segunda mão, deslocava-se de bicicleta, entre muitas outras ações que sempre fizeram parte do seu dia a dia.

O interesse pela área da ecologia já vem de trás. Quando estudava este já era um tema que lhe despertava curiosidade. “Licenciei-me na área do Turismo e já nessa época, entre 2001 e 2005, os estudos eram orientados para o turismo sustentável. Essa foi foi a minha área académica de interesse, fiz o mestrado sobre turismo sustentável e sempre pratiquei uma filosofia ligada à sustentabilidade”, afirma Maria.

Voltou para Portugal precisamente para trabalhar na área do turismo, ligado ao mercado nórdico, e tudo estava a correr bem até chegar a pandemia. “Tive que arranjar uma alternativa, tive que pôr a minha vida toda em perspectiva e pus-me a pensar em algo que pudesse fazer. Fechei-me dois dias num hotel, a procurar dentro de mim o que fazia sentido. E percebi que esta é uma área que me apaixona. Faz parte da minha vida desde sempre e cada vez mais”, revela Maria que decidiu dedicar-se a esta área a 100 por cento. 

Ao abrir a primeira loja física, em 2021, o feedback foi tão positivo que a fundadora da Planeta R sentiu que estava no caminho certo, o que lhe deu segurança para agora dar um novo passo. “Mudei para aqui porque esta loja tem mais visibilidade e por ser de uma dimensão muito maior, tem a possibilidade de aqui desenvolver atividades que já queria fazer com miúdos e adultos na área da ecologia”, garante a fundadora.

O espaço, que abrigou uma papelaria durante 40 anos, está agora mobilado com alguns dos móveis que faziam parte do antigo negócio, recuperados, pintados e postos a uso. “Para mim, teve todo o sentido manter alguma da história do espaço, com estes móveis em segunda mão”, conta à NiO, Maria Lopes. 

Um dos móveis antigos na nova loja.

“A Planeta R procura dar às pessoas a possibilidade de diminuir a sua pegada ecológica, na vida do dia a dia. Por isso, trabalhamos em várias áreas, uma delas é a da limpeza. Temos detergentes a granel que são reciclados, feitos em Portugal e biodegradáveis. Com um preço muito simpático, igual ao de supermercado. Temos também todos os utensílios de limpeza que permitem evitar os microplásticos, que é um problema”, conta a responsável.

O lema da loja é conseguir ajudar os clientes a tornarem-se mais amigos do ambiente. E tem conseguido, já que alguns tornaram-se totalmente fiéis à Planeta R, como Maria conta à NiO: “Tenho clientes que se tornaram fixas, compram sempre os detergentes comigo, os cosméticos também. Comecei a perceber que havia muito interesse, até porque as pessoas não notam diferença no preço e, sim, na qualidade. São produtos melhores para o organismo e para o ambiente, é tudo de bom.”

Ter alternativas aos produtos que normalmente se usam, a preços acessíveis era, precisamente, uma das preocupações de Maria na Planeta R. “Não quero que identifiquem a Planeta R como uma loja ecológica cara. Procuro sempre ter um leque de produtos aos mesmos preços dos produtos tradicionais. As pessoas podem comprar os substitutos mais baratos e mais amigos do ambiente. Por exemplo o esfregão amarelo e verde que todos usam, eu tenho uma alternativa que custa 2,80€, um conjunto de dois esfregões, que são biodegradáveis 100 por cento. Há sempre alternativas a um preço acessível”. 

Os esfregões ecológicos.

O facto de a nova loja ter aberto a 1 de junho, Dia da Criança, não é por acaso. Maria faz questão que a Planeta R tenha várias propostas de brinquedos e artigos infantis que sejam pedagógicos e lúdicos, mas também sustentáveis e sem plástico, pois sentia falta deste tipo de produtos quando os procurava para o filho.

Neste novo espaço, mais amplo, está também a programar fazer eventos e atividades tanto para os miúdos como para adultos. “Estou a pensar ter atividades para os mais novos, como expressão plástica, workshops de materiais reciclados, e não só. Gostava que fosse também um espaço de reflexão, de conversa, de apresentação de livros. Tudo sobre o tema da ecologia. “, conta Maria.

Desta forma, vai reforçando o seu posicionamento na comunidade. “Adoro viver aqui no concelho, sinto-me mesmo em casa, sinto-me muito oeirense. E gostava muito de fazer parte da comunidade com a Planeta R, e que as pessoas começassem a identificar a loja como um sítio agradável para vir, com os miúdos, em família”, confessa Maria.

À New in Oeiras, a responsável garante: “Quero ter atividades para mudar o mindset, sinto que todos temos que fazer alguma diferença para o futuro dos nossos filhos”. Maria conta que sentiu uma grande abertura dos oeirenses com a Planeta R: “Sinto que, em Oeiras, as pessoas têm interesse por estes temas, por esta área da ecologia. Há, sem dúvida, um segmento de pessoas que não só tem interesse, como tem também poder de compra.”

Na Planeta R encontra produtos de limpeza a granel e artigos de higiene ecológicos, cosméticos zero waste (por exemplo champô sólido natural, feito em Portugal). Há também chás biológicos, chocolates orgânicos, brinquedos de madeira e livros infantis apenas de editoras portuguesas. São muitas as opções originais e criativas que vai encontrar na Planeta R, assim como material escolar e de escritório, com artigos de papelaria ecológica, como cola com uma grande percentagem vegetal, lápis com origem em florestas sustentáveis, micas de plástico 100 por cento reciclado, assim como adernos e dossiers ou mochilas feitas de reciclagem de garrafas PET.

Quem manda nisto tudo?

Nome: Maria Lopes
Idade: 39
Marca favorita: Luffa
Guilty pleasure: Pedir comida através de aplicações
Convença-nos a visitar o espaço: “É uma loja para todos os que quiserem tornar o seu consumo mais consciente e responsável. Temos alternativas a um preço acessível e vai, certamente, sentir-se em casa.”

Carregue na galeria para conhecer o espaço e alguns produtos disponíveis na Planeta R.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Av. Moçambique 8B
    2780-027 Oeiras
  • HORÁRIO
  • Terça a sexta das 10h às 19h
  • Sábado das 10h às 13h
  • Encerrada ao domingo

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA