compras

Este atelier faz projetos paisagistas, workshops com plantas e cria peças únicas

Os artigos desta empresa revelam a paixão pela natureza e pelos materiais naturais e sustentáveis.
Artigos sustentáveis.

O Atelier Simplê nasceu do amor que Carolina Cagno, 39 anos, tem pela natureza, pelas plantas e flores. Esta empresa que criou em Oeiras faz projetos paisagistas, workshops com plantas e cria peças únicas para colocar as flores feitas usando a técnica oriental kokedama.

Quando era pequena, esta brasileira, formada em Arquitetura e Urbanismo, costumava passar o seu tempo a apreciar as árvores, os pássaros e os insetos. Não só pela sua beleza, mas questionando o seu percurso. Este gosto acompanhou sempre Carolina, que acabou por se especializar em paisagismo.

Nascida em São Paulo, viveu quase toda a vida na grande cidade. Só quando casou, aos 27 anos, é que se mudou para Guarujá, no litoral. Foi aí que Carolina e o marido perceberam que se tivessem de voltar a mudar de residência, teriam de viver perto do mar.

E esse dia acabou por acontecer há dois anos, quando decidiram mudar-se para Portugal, sendo que Oeiras foi o local escolhido. “Acredito que a grande maioria dos brasileiros que decidem mudar de país seja por causa da vulnerabilidade da população em relação à violência. Isto destaca-se ainda mais com o nascimento dos filhos. Juntámos a isto a vontade do meu marido fazer mestrado e viemos”, explica à New in Oeiras Carolina Cagno.

Usando a técnica kokedama.

Chegou do Brasil com as duas filhas, de 5 e 7 anos na altura, e o marido. Começou logo a pesquisar uma forma de criar a sua própria empresa. E nasceu o Atelier Simplê em 2019. Além dos trabalhos de paisagismo, Carolina faz muito mais coisas.

“Criei um produto baseado numa técnica oriental kokedama e adaptei ao meu produto. Foi então que surgiram ‘as bolinhas coloridas’. Comecei a vender em algumas lojas de Lisboa com o conceito de ser um produto sustentável, já que as peças são feitas com terra orgânica, linhas de algodão ou linhas de sisal”, revela Carolina. 

Frequentemente, a Atelier Simplês organiza workshops para ensinar às pessoas um pouco mais sobre plantas. “Tenho como objetivo transmitir, não só o conhecimento, mas principalmente a vivência do meio vegetal às crianças e aos adultos, que hoje em dia estão cada vez mais distantes do meio externo e longe do contacto tão importante com a natureza”, sublinha.

Não é preciso falar muito tempo com Carolina para ficar a perceber como gosta do que faz. A empresária quer ainda continuar a investir no paisagismo, pois era a área a que mais se dedicava no Brasil.

As peças têm vários tamanhos: o pequeno, o médio e o grande. Custam 8€, 12€ e 16€ respetivamente. Peças com plantas especiais ou tamanhos especiais são feitas sob orçamento. Os workshops custam em média 12€, incluindo o material utilizado. O valor dos projetos de paisagismo depende, entre outros elementos, dos metros quadrados do espaço a transformar.

Para mais informações pode contactar o Atelier Simplê através do número: 961 365 306.

Um dos projetos da Carolina no Brasil.
tags: arquitetura paisagista, atelier simplê, flores, oeiras, paisagismo, plantas, workshops

outros artigos de compras

mais histórias de Oeiras