compras

É preciso ter coragem: as temíveis e controversas calças dos anos 2000 estão de volta

Os corsários foram um dos destaques nas recentes semanas da moda. Explicamos a melhor forma de combinar esta peça.
Foram um sucesso nos anos 2000.

Se regressarmos ao ano de 1500, não eram apenas os piratas que andavam pelo mar. Existiam também os corsários, conhecidos por serem contratados em momentos específicos das guerrilhas. Enquanto os primeiros atuavam em qualquer dia ou hora, os segundos faziam serviços pontuais para o rei e não faziam estavam integrados na tropa marítima.

Para haver uma distinção clara, estes navegadores usavam calças por baixo do joelho — uma forma prática de não molharem a vestimenta dentro dos navios. Na época, a peça recebeu o nome dos primeiros homens a vesti-la.

Durante os anos 60, vários criadores de moda decidiram trazer propostas do género para a passarela, muito ao estilo de alfaiataria. Mais tarde, em 2000, a tendência voltou, mas em modelos em sarja ou de ganga. A moda manteve-se por pouco tempo, até porque não era muito consensual.

Ao longo das décadas, houve quem a tentasse trazer de volta, com mais ou menos sucesso. E parece que, em 2024, os corsários  (também conhecidos como calças capri) vão voltar a surgir nas ruas. Pelo menos, começaram a aparecer nos desfiles de primavera-verão de várias marcas como Tory Burch, Puppets & Puppets ou Mirror Palais.

Dentro e fora das passarelas, têm feito sucesso. Durante estas semanas da moda, a tendência foi usada por várias figuras conhecidas como a modelo Bella Hadid. Basta olhar para os melhores looks de street style para perceber que estiveram em destaque em muitos visuais.

Mas há muitos mais exemplos de celebridades que adoram este corte — de Angelina Jolie a Sharon Stone e Meghan Markle. Alguns dos modelos que usam têm etiquetas de marcas de luxo, mas também é fácil encontrar opções igualmente eficazes nas lojas das fast fashion.

calças capri

Existe uma grande confusão entre as calças tipo capri e as cropped, mas os dois modelos têm uma diferença óbvia. No primeiro caso, que pode ter várias larguras, a bainha vai terminar mesmo abaixo do músculo gémeo da perna. No segundo exemplo, o acabamento é ligeiramente mais longo.

Isto levanta sempre a questão: como é que este desenho pode ser usado? Para equilibrar o comprimento mais curto, pode experimentar combiná-las com blusas ou camisas mais justas na parte de cima. Isso ajuda a manter proporções adequadas e um coordenado menos desleixado.

Se quiser um visual mais elegante e feminino, combine suas calças com sapatos de salto alto ou sandálias de tiras. A combinação vai ajudar a alongar a silhueta, além de adicionar uma dose de sofisticação a um estilo que muitas pessoas ainda consideram um tanto ou quanto piroso. É preciso coragem.

Ainda assim, as calças capri estão cada vez mais versáteis. Estão disponíveis numa enorme variedade de tecidos e estilos, dos mais jutos aos mais largos. O segredo é continuar a experimentar novas propostas para encontrar aquela que mais vai combinar com a sua estética pessoal.

Carregue na galeria para descobrir uma seleção de corsários de vários estilos, preços e marcas.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA