compras

Esta jovem ucraniana faz bordados incríveis inspirados no Impressionismo

Júlia Molchanova mora no concelho de Oeiras e explicou à NiO o processo de confeção dos trabalhos que pode demorar 30 horas.
Recriação de "Study of a figure Outdoors" de Monet.

Júlia Molchanova começou a fazer bordados como hobby quando tinha sete anos. Em 2012, a jovem ucraniana, agora com 27 anos, veio morar para o concelho de Oeiras e lançou um negócio no Instagram, que é um verdadeiro sucesso. A inspiração para cada peça surge de vários lugares diferentes. Pode vir de um passeio no Parque dos Poetas, como já aconteceu, ou de livros que lê.

As criações vão desde patches, alfinetes, casacos personalizados ou quadros para a parede. Por exemplo, “A Noite Estrelada”, de Van Gogh demorou cerca de 30 horas a completar. Estas versões das obras do artista já foram vendidas até nos Estados Unidos.

Por tudo isso, a New in Oeiras pediu a Júlia que explicasse o processo de confeção dos bordados. O primeiro passo é escolher, claro, a imagem que vai replicar. Essa imagem pode vir de livros sobre o Impressionismo ou simplesmente da Internet.

Por vezes, os desenhos são mesmo da autoria da própria criadora, feitos diretamente no tecido. Depois, é preciso escolher o tecido que mais se adequa. Para que esteja tudo pronto, é necessário escolher as cores que se encaixem no bordado que vai fazer. Por norma, o mínimo são seis cores (ou tons), mas Júlia admite que, durante o processo, costuma acrescentar sempre mais alguma. “Por exemplo, para ‘A Noite Estrelada’, eu uso pelo menos cinco azuis (entre claros e escuros)”, revela.

Quando os detalhes estão decididos, Júlia passa à prática. Começa por copiar o desenho que vai replicar a caneta, e é assim que sai sempre um bordado ligeiramente diferente do seguinte. Quando a tinta seca, só falta começar o bordado. “Não são precisos muitos materiais, apenas agulha, tecido, um bastidor, caneta, tesoura e linhas coloridas de algodão. E também muita paciência e amor. O segredo é fazer com calma, passo a passo”, explica a responsável.

O famoso quadro de Van Gogh em bordado é um dos mais requisitados, mas há outras criações disponíveis como, por exemplo, uma réplica da obra “Doze Girassóis numa Jarra”, também do artista holandês, e do quadro “Water Lilies”, de Claude Monet.

Se quiser ter uma peça de Júlia Molchanova, basta fazer as encomendas através da página de Instagram ou comprar na plataforma Etsy. É lá que a artista vai partilhando as suas criações, que podem ser personalizadas. O orçamento é gratuito e os preços começam nos 15€, mas tudo depende do tamanho do artigo e do grau de dificuldade. Pode receber as suas encomendas por correio ou combinar uma entrega gratuita no concelho.

Carregue na galeria para conhecer alguns dos bordados mais famosos de Júlia Molchanova. 

 

 

 

 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA