compras

As novas sapatilhas da Nespresso são feitas em Portugal com borras de café

Os três modelos da coleção Re:Ground são um sucesso mundial de vendas.
São feitas em Portugal.

O café é uma das bebidas mais consumidas do mundo e também uma das mais versáteis. Os grãos torrados que lhe dão origem são usados em mil outras coisas — como licores, sobremesas e, agora, em sapatilhas. A Nespresso, em parceria com a Zèta, uma empresa francesa de moda sustentável, lançou este mês de maio a sua primeira linha de footwear feita com borras de café. Além de serem simples mas bonitas, são amigas do ambiente e aproveitam este subproduto da preparação do café, que normalmente é deitado fora.

As Re:Ground, assim se chamam as sapatilhas, foram produzidas com a ajuda de duas empresas portuguesas: a Tintex e a Rudis. A primeira ajudou a criar o material semelhante à pele, usado na parte superior e nas solas das sapatilhas. Já a produção dos pares ficou a cargo da Rudis.

“Os nossos parceiros da fábrica portuguesa Tintex demoraram oito meses a aperfeiçoar uma pele vegan completamente inovadora, feita a partir de borras de café recicladas. Os Re:Ground são o resultado da nossa colaboração com a Nespresso — uns ténis elegantes e com estilo, que celebram o valor do café e as virtudes da circularidade”, explicou Laure Babin, diretora-geral da Zèta.

São três os modelos produzidos em Ovar, cada par é uma homenagem às três formas diferentes de consumir a bebida. As Latte têm solas brancas; as Cappucino, solas bege; e as Ristretto, sola castanha. Um design clássico, com um toque contemporâneo, que se adapta a vários estilos e looks — dos mais compostos aos mais descontraídos.

Cada par é fabricado com as borras recicladas de aproximadamente de 12 cafés expresso. Porém, os desperdícios desta bebida não são a única matéria-prima amiga do ambiente usada nestas sapatilhas de edição limitada. 

“Os restantes elementos dos Re:Ground são feitos com 80 por cento de materiais reciclados e sustentáveis, como plásticos do Mediterrâneo, cortiça, borracha e látex”, diz a Nespresso, citada pelo “Dinheiro Vivo”.

“Esta coleção cápsula Re:Ground da Zèta será certamente um prazer tanto para os fãs do café como para os fãs de moda”, realça Guillaume Le Cunff, diretor-geral da Nespresso. As sapatilhas estão à venda no site da Zèta por 155€, cada par. 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA