compras

Artistas da Linha: o grupo de artesãos oeirenses que organiza dois mercados mensais

Os primeiros dois mercados do coletivo acontecem já nos dias 15 e 23 de maio, em Paço de Arcos e no Jamor.
Uma das marcas que estará presente.

Há um novo projeto no concelho de Oeiras que se foca no artesanato e nos mercados. Nasceu em dezembro de 2020 e estreou-se com um mercado de Natal solidário, para ajudar artistas e artesãos, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras.

Organizado em apenas uma semana, o sucesso foi tanto que o coletivo foi convidado a continuar o projeto de realizar eventos e divulgar o trabalho de autores em Oeiras. “Queremos valorizar as artes, os artistas e artesão e fazer parte de um projeto que visa criar uma rede de artistas e de cultura”, explica-nos Flora Silva, uma das criadoras da iniciativa.

Flora é de Linda-a-Velha, é professora em Miraflores e designer de moda em feltragem artesanal de lã merino com seda. A ela juntam-se Miguel, professor e também de Linda-a-Velha, e Cristina, artesã em manuseamento têxtil de burel, que vive em São Domingos de Rana. “Queremos contribuir para a candidatura de Oeiras a Capital Europeia da Cultura – Oeiras 27.”

Os mercados Artistas da Linha aliam a ideia de mercado de autor, artes e ofício, a um estilo de vida saudável, com mercado biológico, atividades lúdicas e desportivas. O foco é nos artistas e artesãos de Lisboa e Sintra, mas é possível que encontre propostas de outros distritos. Uma coisa é garantida, só são aceites projetos diferenciados, de autores, idealizados e realizados pelos próprios.

Os primeiros dois mercados do grupo acontecem já neste mês de maio, repetindo-se depois no terceiro sábado de cada mês e no quarto domingo. O mercado de sábado, que neste mês está marcado para o dia 15, é o “Mercado Paço D’ Artes”, no Jardim de Paço de Arcos, junto à Marginal, que terá um Mercado Biológico em simultâneo, entre as 9 e as 18 horas.

Uma das marcas que estarão presentes é a Pandan, o atelier oeirense que transforma materiais simples e encontrados na rua em joias. Vanessa Narciso e Romeu Gonçalves apanham todos estas peças nas imediações de sua casa, em Oeiras — relembre o artigo da NiO.

Já o “Mercado Jamor com Arte”, no Centro Desportivo Nacional do Jamor, que fica perto da Canoagem, e que acontece no quarto domingo de cada mês, é uma mostra de arte, saúde e bem-estar, com divulgação de atividades lúdico-desportivas. A primeira edição é no dia 23 de maio, das 9 às 18 horas. Em todas as edições, de ambos, irá encontrar vários artigos, desde joalharia, cerâmica, fotografia, ilustração, decoração, plantas, xisto, macramé, vestuário, T-shirts únicas, artigos para crianças, esculturas, e muito mais. 

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA