comida

Sítio de Gente Feliz: o restaurante oeirense destacado pela “Forbes”

A revista norte-americana assinalou três restaurantes portugueses na sua lista de espaços favoritos de 2020.
O Sítio de Gente Feliz.

Ann Abel é escritora e editora de viagens e, entre outras publicações, escreve para a revista norte-amerciana “Forbes”. Foi precisamente lá que elaborou uma lista dos restaurantes que mais gostou de conhecer em 2020.

Em jeito de ode, e para contrariar os obituários na área da restauração que nos últimos meses têm crescido de forma alarmante, escreveu uma carta de amor para cada espaço. Em primeiro lugar, está um restaurante oeirense.

O Sítio de Gente Feliz é, de acordo com a autora, realmente um espaço onde as pessoas se sentem felizes. Abel destaca a forma como o proprietário e chef Miguel Gonçalves recebe os clientes com casualidade, como se fossem amigos, e a sua comida “caseira e muito boa”.

“O menu que muda diariamente é rico em proteína animal, mas com excelentes pratos de frutos do mar e vegetais, esta pescatariana também ficou extremamente feliz.”

O espaço abre aos almoços, de segunda a sexta-feira, mas, em tempos de confinamento, funciona com serviços de take-away e delivery. Fica no número 23 A, da Rua Carlos Paião, em Vila Fria.

Tem uma esplanada, cozinha semi-aberta para a sala e recebe cerca de 12 clientes a cada refeição. O menu varia todos os dias, mas há sempre a promessa de comida caseira e deliciosa. A New in Oeiras tentou entrar em contacto com o Sítio de Gente Feliz, mas não teve sucesso até à publicação deste artigo.

Além deste espaço oeirense, a jornalista Ann Abel destacou outros dois restaurantes portugueses. Falamos do Bar do Fundo, em Sintra, que está em plena Praia Grande; e o Cura, restaurante do Hotel Ritz Lisboa que abriu num ano marcado pela pandemia.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA