comida

No restaurante Terra Quente há a verdadeira comida transmontana para saborear

Abriu no dia 2 de março e só serve pratos feitos com os produtos mais frescos e de origem certificada.
Marisa Trindade recebe todos os clientes com um sorriso.

O número 21 da Rua Portal das Terras, em Carnaxide, foi o local escolhido para abrir o restaurante Terra Quente. Tem uma ementa recheada com os verdadeiros sabores transmontanos para provar e partilhar.  

A ideia deste espaço surgiu numa conversa entre amigos. Marisa Trindade, 42 anos, é fiel às suas origens de Bragança e sempre gostou de fazer grandes convívios à mesa.

“Dizia muitas vezes que um dia abria um restaurante. Até que isso passou a ser um assunto sério quando um casal amigo me desafiou”, explica Marisa à New in Oeiras, que agora tem os dois amigos como sócios nesta aventura.

O Terra Quente tem uma ementa fixa, só muda o prato do dia, que pode ser peixe ou carne (10€). Mas tem muito por onde escolher e sempre com uma certeza: aqui só se serve carne mirandesa certificada não congelada. “Chega ao restaurante duas vezes por semana, diretamente de Trás-os-Montes. Queremos ter sempre produtos frescos e de qualidade”, sublinha a responsável.

O bife à Terra com molho de pimenta.

Marisa Trindade já trabalhou em várias áreas. Mas quando decidiu abrir este espaço com os sócios, o apoio da família foi fundamental. Pois, montar um negócio em restauração pode ser mesmo bastante desafiante. Mas esta brigantina estudou, pesquisou e conseguiu encontrar os melhores fornecedores.

E a carta é um exemplo disso mesmo. A estrela é, sem dúvida, a carne mirandesa. Tem a posta (17€); a costoleta (15,50€); T-Bone (15,50€); o rodeão (13,50), e o bife à Terra (13,50€), que pode ter o molho Madeira, pimenta, mostarda ou cogumelos.

Mas antes do prato principal, passe os olhos pelas entradas. Tem as bolinhas de alheira mirandesa (2,80€), morcela com abacaxi (4,50€) ou a chouriça assada (4,50€).

O polvo à lagareiro.

Nos peixes, experimente o bacalhau assado (15,50€) ou o bacalhau albardado (15,50€). E como restaurante transmontano, não podia faltar o polvo, e aqui tem o à lagareiro (14,50€).

As doses são sempre servidas no prato, mas são generosas e dão para partilhar. Assim, deixa um espacinho para a sobremesa do dia (2,50€) que pode ser mousse de chocolate ou de manga, pudim de ovos ou cheesecake. Há ainda um queijo de cabra ou ovelha, da Quinta da Terrincha, acompanhado de marmelada (3€).

Para refrescar a refeição além das águas, sumos e refrigerantes, tem vinhos de todas as zonas do País, menos a do Algarve. 

Ainda que o restaurante só tenha horário de almoço, a ideia é poder alargar a abertura no futuro. Mas quem quiser marcar jantares de grupo, pode fazer a reserva em qualquer dia da semana ou fim de semana. O restaurante Terra Quente tem ainda serviço de take away.

A mousse de chocolate.
tags: Carnaxide, novidade nio, oeiras, restaurante terra quente

localização, contactos e horários

morada
  • Restaurante Terra Quente [ver mapa]
    Rua Portal das Terras 21, 2790-121 Carnaxide
    2790-121 Carnaxide
site e redes sociais
horários
  • De segunda a sexta-feira das: 09:00
  • às: 17:00

ficha técnica

tipo(s) de cozinha
Transmontana
intervalo de valores
Entre 10€ e 20€
aceita reservas?
Sim

outros artigos de comida

mais histórias de Oeiras