comida

No Boom Bao pode provar sabores portugueses dentro de pães a vapor asiáticos

Há um novo espaço em Algés que conquista os clientes pelos sabores, originalidade e valores sustentáveis.
Que delícia.

Em 2018, a Pixar apresentava ao mundo o pequeno Bao, protagonista da curta-metragem ternurenta com o mesmo nome. Quem não conhecia, ficou a saber que um bao é um pão asiático cozido a vapor e que pode ser comido com recheios salgados ou doces.

É exatamente esse o ponto de partida do novo espaço de Algés. O Boom Bao é especialista em baos, aos quais juntou sabores maioritariamente portugueses, criando um conceito único e diferenciador.

O espaço abriu a 13 de outubro e pode receber entre 20 a 24 pessoas no seu interior. Há ainda uma esplanada com cinco mesas para quatro pessoas cada.

“O nosso conceito é street comfort food. Um conceito com inspiração internacional. Penso que em Portugal o street food não é devidamente apreciado nem explorado. Já no estrangeiro, é bastante comum a procura por comida de rua, que normalmente é rica e deliciosa”, explica João Paulino, o proprietário, à New in Oeiras. Com inspiração na sua mulher, que viveu em Macau, quis proporcionar o melhor de dois mundos, criando uma verdadeira fusão de sabores, ao mesmo tempo que nos oferece um espaço confortável e descontraído.

Além da comida caseira e de produtores locais, o Boom Bao é pet friendly e super sustentável. Não é utilizado qualquer plástico no restaurante, toda a decoração foi feita à mão pela equipa e amigos, reutilizando materiais, e nada é servido em loiça. “Pode parecer estranho, mas depois de muita pesquisa e de me informar, percebi que é muito mais ecológico utilizar loiça descartável, que é reciclada e reciclável, do que loiça que tem de ser lavada. Assim, poupamos 60 por cento de água potável ao fim de um ano.”

Da carta, fazem parte vários baos salgados e doces. Há o Bao Bur, com hambúrguer de novilho, alface, queijo cheddar e cebola caramelizada (5,50€); o Bao Xic, com panados de frango, coleslaw, maionese caseira e crumble de alho frito (4,50€); e o Bao Tum, com atum braseado, rúcula, crumble de cebola e molho de iogurte (5,50€); entre outros. Para acompanhar, pode escolher batatas fritas tradicionais (3€) ou batatas fritas doces (3,50€). A água servida no Boom Bao é a Earth Water, da ONU. A única embalada em Tetra Pak à venda em Portugal, é mais uma escolha amiga do ambiente, e social — 100 por cento dos lucros revertem integralmente para apoiar o Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

Nas propostas doces há o Bao Xoc, com creme de chocolate (2,50€), o Bao Lim, com doce de ovos e canela (2,50€), e o Bao Nut, com manteiga de amendoim caseira (2,50€). Também existem opções vegetarianas. No próximo fim de semana, devido às restrições de horários, o espaço terá ainda disponível um brunch com uma bowl, sumo natural, Bao tosta, chá quente ou café americano, fatia de bolo, e café expresso, por 13€ — até às 13 horas. Depois, poderá continuar a pedir o brunch aos sábados.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Estrada Romeiras, 20 Loja C
    1495-117 Algés
  • HORÁRIO
  • Terça-feira a sábado das: 10:30
  • às: 22:00
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA